sábado, 12 de novembro de 2016

porque o povo brasileiro estaria indignado à beira da desobediência civil?

Policial R$ 2.660,00 - Para arriscar a vida;


Bombeiro R$ 1,960,00 - Para salvar vidas;


Professor R$ 2,200,00 - Para preparar para a vida;

Médico R$ 7.260,00 - Para manter a vida;



E o deputado federal?

💰 R$ 26.700,00 +

R$ 94.300,00, para LASCAR a vida dos outros!

E o trabalhador R$ 880,00 para sustentar a família.

Mesmo assim o povo ainda chama estes estrupícios de "incelenças" e permite que caminhem como pessoas descentes. 

Se isto te revolta publique!

ISTO MERECE VIRAR FILME, NÃO A HISTÓRIA DE LULA OU DILMA

Mossad (Ha-Mōśād le-Mōdī`īn ū-le-Tafqīdīm Meyūhadīm - O Instituto para Inteligência e Operações Especiaishebraico: המוסד למודיעין ולתפקידים מיוחדים) é o serviço secreto do Estado de Israel, com sede em Tel Aviv.
História contada por Efraim Halevy, ex-diretor do Mossad e figura-chave no Tratado de Paz entre Israel e a Jordânia
Participei recentemente de um evento cultural na Áustria onde estava presente o advogado israelense Efraim Halevy, uma figura central na política israelense das últimas décadas. Além de dirigir o Mossad (o legendário Serviço Secreto de Inteligência de Israel) no período entre 1988 a 2002, Halevy foi diretor do Conselho de Segurança de Israel, e também embaixador de Israel junto à Comunidade Europeia. Sua rica biografia – sua participação nas negociações que levaram ao Tratado de Paz entre Israel e Jordânia foi fundamental – contrasta com a figura modesta e reservada que circulava pelo hotel. Ouvi dele a história que conto a seguir.
Na década de 1980, o Mossad foi incumbido de resgatar judeus etíopes que sofriam toda sorte de abusos e privações no Sudão por conta da ditadura islâmica. Na época, Israel não tinha relação com aquele país, e o grande número de pessoas a serem resgatadas não permitia que a ação fosse rápida. A operação exigia entradas clandestinas contínuas no território sudanês, com pistas de pouso e pontos de embarque na costa sudanesa para os aviões e navios que levariam os judeus até Israel.
Estudando a situação, Halevy e sua equipe descobriram numa região do Egito conhecida pela beleza de seus corais, a 80 quilômetros da costa do Sudão, uma antiga vila de mergulho desativada. O plano foi então elaborado. O governo israelense, usando o nome de uma empresa estrangeira, comprou o resort abandonado e o reestruturou, num tempo recorde, transformando-o num hotel cinco estrelas para amantes de mergulho.
Para resolver o sério problema local de abastecimento de água, Israel enviou para o resort equipamentos de dessanilização que passaram a servir também à comunidade. Assim, enquanto aquela área se transformava no local mais irrigado da região, o hotel se tornava uma coqueluche de verão.
Uma equipe com chefs de cozinha, patisseurs, garçons, camareiras, porteiros, instrutores de mergulho, eletricistas, jardineiros e diversos profissionais ultraqualificados (poliglotas e sem nenhum sotaque, segundo Halevy) atendiam milionários, artistas, políticos, esportistas e figuras do jet set internacional que se hospedavam ali para ver de perto os corais mais lindos do mundo.
Ninguém jamais desconfiou que todo aquele staff hoteleiro fazia parte do Mossad. Com passaportes falsos, eles tinham jornada dupla: de dia serviam os turistas e ao cair da noite cruzavam a fronteira do Sudão em caminhões camuflados, sabendo que se fossem pegos jamais retornariam para casa.
A operação durou quatro anos. Noite após noite, dezenas de crianças, jovens, idosos, homens e mulheres eram resgatados e levados até aviões ou navios que os esperavam em pistas e pontos de embarque improvisados.
Um dia, Halevy recebeu a informação de que a operação havia sido descoberta e que seu pessoal tinha somente quatro horas de estadia segura no resort. Foi o tempo necessário para que Israel enviasse as aeronaves para o local. Nessa noite, todos os profissionais que trabalharam na operação voltaram para casa. Os equipamentos do resort foram abandonados. Mas o saldo final foi um sucesso: 12 mil judeus etíopes foram resgatados e puderam recomeçar uma nova vida em Israel.
Quando é que alguém vai contar essa história para o Spielberg?
Patrícia Melo é escritora

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

DEIXANDO DE LADO ESTA IMUNDA POLÍTICA. Preciso aprimorar meus conhecimentos, portanto...

Várias são as teorias sobre o surgimento e evolução humanas conheço algumas mais existem pontos obscuros que me deixam ainda mais perdido, exemplo:
Evolução - Por esta devo deduzir que em 1500 a humanidade estivesse bem menos conhecimento que nos dias de hoje, correto?
Da Vinci - Século XVI  - Leonardo é reverenciado pela sua engenhosidade tecnológica; concebeu ideias muito à frente de seu tempo, como um protótipo de helicóptero, um tanque de guerra, o uso da energia solar, uma calculadora, o casco duplo nas embarcações, e uma teoria rudimentar das placas tectônicas. Um número relativamente pequeno de seus projetos chegou a ser construído durante sua vida (muitos nem mesmo eram factíveis), mas algumas de suas invenções menores, como uma bobina automática, e um aparelho que testa a resistência à tração de um fio, entraram sem crédito algum para o mundo da indústria] Como cientista, foi responsável por grande avanço do conhecimento nos campos da anatomia, da engenharia civil, da óptica e da hidrodinâmica.
Leonardo da Vinci é considerado por vários o maior gênio da história, devido a sua multiplicidade de talentos para ciências e artes, sua engenhosidade e criatividade, além de suas obras polêmicas. Num estudo realizado em 1926 seu QI foi estimado em cerca de 180.
Considerado gênio até hoje XXI mesmo assim sua genialidade nos deixou isto.

Hoje nos temos isto

Claro, evoluímos!
ASSIM... ALGUÉM ME EXPLIQUE COMO UMA IMAGEM DESTA PODE SER GRAVADA NO TEMPLO DE "ABYDOS" 3.500 a.c?


Escultores videntes?


NÃO EXISTEM OUTRAS OPÇÕES ESTA É A ÚNICA FORMA DE SALVAR O BRASIL

ASSEPSIA EM CINGAPURA: UM RADICALISMO PARA REFLEXÃO

Revoltado com a situação caótica de seu país, o Militar Lee Kuan Yew, (QUE NÃO ERA NENHUM GRANDE GENERAL BRASILEIRO) comandou um movimento e assumiu (no final da década de 80), com mão de ferro, o comando de Cingapura.

Em seis meses, dos cerca de 500 mil presidiários sobraram somente 50.

Todos os outros, criminosos confessos, foram fuzilados.

Todo homem público (político, policial, etc) corrupto foi fuzilado, quando existiam provas contra eles.

 Todos os empresários ladrões foram fuzilados ou fugiram rápido do país.

A multidão de drogados que ficava dormindo nas ruas, fugiu desesperada para a Malásia, para não terem que trabalhar ou serem fuzilados.

Durante meses a televisão divulgou, intensivamente, uma mensagem: o novo governo avisa que o país está com câncer e que a única solução é extirpá-lo. Se algum parente seu foi extirpado, compreenda, ele era um câncer para a nação.

Depois de ter feito toda a limpeza no país. Reorganizado o sistema político, judiciário e penal, esse militar convocou eleições diretas e se candidatou para presidente.

Venceu (com o Partido Popular de Pré-Ação - PAP) as eleições com 100% dos votos. O partido, posteriormente, chamado de Partido Popular de Ação (PPA), liderado por Lee, conquistou 8 vitórias entre 1984 e 2009

Lee introduziu a legislação dando ao"Corrupt Practipes Investigation Bureau" (CPIB) maior poder para efetuar as prisões, investigar, chamar testemunhas, verificar contas bancárias e pagamento de impostos de renda, além de poder retomar os bens de pessoas suspeitas e de suas famílias. Acabando, definitivamente, com a corrupção.

Hoje, Cingapura é um dos países mais seguros de se morar. É mais desenvolvido, e mais seguro que os Estados Unidos, Inglaterra, ou Israel.

Já no avião, a ficha de desembarque tem um "DEAD" (morte) bem grande em vermelho e a explicação da penalidade sobre o porte de drogas.

Qualquer droga.

Com um mínimo de cocaína encontrada, o sujeito é sumariamente fuzilado. Ou condenado a prisão perpétua com trabalhos forçados.

Um surfista brasileiro, tentou entrar em Cingapura com uma prancha de surf recheada de cocaína.

É óbvio que ele determinou sua própria morte.  A mãe do jovem traficante apareceu na TV pedindo para o Lula interceder pelo filho.

Não adiantou nada.

Nem mãe, nem Lula, nem protestos, evitaram o cumprimento da lei.

Nos hotéis, os "Guias da Cidade" tem uma página explicando que a polícia de Cingapura garante a integridade física de qualquer mulher 24 horas por dia (isso porque na antiga Cingapura, sem lei e ordem, as mulheres que saíam  sozinhas eram estupradas e ou mortas).

O chiclete é proibido em Cingapura, pelo simples fato de que, se jogados no chão sujam as calçadas da cidade.

Distribuir panfletos na rua é proibido.

São permitidos só em lojas. E não podem ser entregues. Se as pessoas os quiserem, devem pegar de uma gôndola ou suporte.

Jogar papel no chão, dá multa cara.

Em 2008, uma  secretária conhecida de um empresário brasileiro, (que esteve lá, temporariamente, à negócios), foi seguida pela polícia desde sua casa até o trabalho.

Quando chegou no trabalho ligou a seta do carro para entrar no prédio, a polícia deu-lhe sinal para que ela parasse.

Um dos policiais veio até a janela do seu carro e disse: "Como a Sra. sabe, estamos fazendo uma campanha de civilidade no trânsito. Multando os infratores e dando bônus a quem dirige corretamente. E a Sra., em todo o trajeto da sua casa até aqui, não cometeu nenhuma infração. Parabéns! Aqui está um cheque de 100 dólares cingapurianos (equivalente, na época, a cerca de R$ 128,00) e pediria para a Sra. assinar o recibo, por favor.

Em 11 de  maio de 2011, Lee anunciou sua aposentadoria.

Pois é, pelo visto o Brasil tem SOLUÇÃO.  Mas que a população diminuiria muito, não tenha dúvidas!

CINGAPURA HOJE: 
Republic of Singapore (inglês)
新加坡共和国 (chinês)
(Xīnjiāpō Gònghéguó)

Republik Singapura (malaio)
சிங்கப்பூர் குடியரசு (tâmil)
(Chiṅkappūr Kuṭiyarachu)

República de Singapura
Bandeira de Singapura
Brasão  Singapura
BandeiraBrasão
Lema"Majulah Singapura"  (Malaio)
"Avante, Singapura"
Hino nacionalMajulah Singapura
MENU
0:00
Gentílico: singapurense;[1][2] singapurano [3][4]

Localização  Singapura

Localização de Singapura na Península da Malásia.
CapitalÁrea Central de Singapura
1°17′22″ N 103°51′00″ E
Língua oficialInglês (principal)[5]
Malaio (nacional)
Mandarim
Tâmil
GovernoRepública parlamentarista
 - PresidenteTony Tan Keng Yam
 - Primeiro-ministroLee Hsien Loong
 - Presidente do ParlamentoAbdullah Tarmugi
 - Presidente do Supremo Tribunal de JustiçaChan Sek Keong
Independênciado Reino Unido 
 - Fundação29 de janeiro de 1819 
 - Autogoverno3 de junho de 1959 
 - Fusão com a Malásia16 de setembro de 1963 
 - Separação da Malásia9 de agosto de 1965 
Área
 - Total716,1[6] km² (187.º)
 - Água (%)1,444
 Fronteiracom a Malásia
População
 - Estimativa para 20105 399 200[6] hab. (114.º)
 - Censo 20004 117 700[6] hab. 
 - Urbana5,399 milhões (2013) hab. 
 - Densidade7.540[6] hab./km² (2.º)
PIB (base PPC)Estimativa de 2014
 - TotalUS$ 445,174 bilhões*[7] 
 - Per capitaUS$ 81 345[7] 
PIB (nominal)Estimativa de 2014
 - TotalUS$ 307,085 bilhões*[7] 
 - Per capitaUS$ 56 112[7] 
IDH (2014)0,912 (11.º) – muito elevado[8]
Gini (2012)47,8[9]
MoedaDólar de Singapura(SGD)
Fuso horário+8 (UTC+8)
ClimaEquatorial
Org. internacionaisAPECASEANBanco MundialComunidade BritânicaFMIOMC e ONU
Cód. ISOSGP
Cód. Internet.sg
Cód. telef.+65
Website governamentalwww.gov.sg

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

OPORTUNIDADE - OFICINA, DEPÓSITO, MORADIA

VENDO -R$200.000,00
Galpão: 100 m², seis metros altura, piso em concreto de 15 cm com malha. Coberto 50%. Com duas casas anexas em terreno de 100 m² em fase de acabamento externo, interno pronto.
Condições: Mínimo de R$120.000,00 à vista, restante carro, material de construção e / ou parcelamento. Se houver parcelamento superior a doze parcelas 5% de aumento no valor final. Localidade: Pontezinha, dois acessos planos. (81)988401046