quarta-feira, 5 de junho de 2013

CORREÇÃO E PEDIDO DE DESCULPAS - Diz o poeta: Toda caminhada começa no primeiro passo. Te segura PT

Manifestação em Brasilia

 

Mais de 80 mil pessoas reunidas hoje, dia 5 de junho, na Esplanada dos Ministérios, em Brasilia para exigir : liberdade de expressão, liberdade religiosa, direitos da familia, mensaleiros na cadeia, fim da impunidade e da corrupção, reforma no Código Penal e FORA PT.
JUNTOS TAMBÉM ESTAREMOS DIA 11 DE JUNHO, na Praça dos 3 Poderes em Brasilia, às 9h para exigirmos, com a graça de Deus e o poder do povo : FFAA, JÁ ! Queremos Forças Armadas no Poder. FORA PT !
Dilma e Lula, coloquem seus cocares presenteados pelo falso índio, reunam a tribo, Os Zés, os Genús, os Delubio, os Tarsos, os  Paloccis, seus ministros escravos e seu braço armado MST e vão ás ruas impedir a livre manifestação do povo brasileiro.
CADEIA PARA OS TRAIDORES E LADRÕES DO POVO E DA PÁTRIA! 
REALINHAMENTO DEMOCRATICO JÁ! 

CORREÇÃO:
A MATÉRIA FOI RETIRADA DE UM SITE, INFELIZMENTE ESTE BLOGUEIRO NÃO TEM DINHEIRO PARA VER DE PERTO O QUE ACONTECE NA REALIDADE, ASSIM BUSCA ENTRE AMIGOS AS INFORMAÇÕES, AVIDO, POSTEI A MATÉRIA ACIMA APESAR DE TER-ME SENTIDO PARTE DE UMA PARCELA FRAGIL, LEDO ENGANO; A VERDADE ESTA ESTAMPADA HOJE EM SITE NÃO CONIVENTE COM A PETRALHADA.
A VERDADEIRA REALIDADE
BRASIL CRISTÃO E DECENTE MOSTRA A CARA!
Antes do evento, mídia secular apostava um público de apenas 30 mil pessoas, mas no dia a aglomeração foi muito maior, conforme apontou Portal Fé em Jesus Julio Severo.
 “Esse nosso evento é um ensaio, um exercício de cidadania. Não somos cidadãos de segunda classe, vamos influenciar a nação.”

 Disse o Pr. Silas Malafaia com entusiasmo a uma multidão estimada em mais de 100 mil pessoas, de acordo com o Portal Fé em Jesus. Marcha pela Família em Brasília A multidão, composta de gente simples, ordeira e pacata, estava ali reunida para atender ao chamado do pastor assembleiano, que havia em seus programas de TV e mídias convocado os evangélicos e brasileiros pró-família para um manifesto público em defesa da família, da vida e das liberdades de expressão e religião na tarde de quinta-feira (5 de maio) em Brasília.

A manifestação foi o primeiro grande ato contra a resolução ditatorial do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) obrigando os cartórios de registro a fazer “casamentos” gays. Marcha pela Família em Brasília O deputado João Campos (PSDB-GO), ex-presidente da Frente Parlamentar Evangélica, disse que o evento foi necessário porque o PT está tentando colocar uma mordaça na imprensa, ao pretender impor controles na mídia, especialmente as mídias cristãs. “O Estado laico não é o religioso nem o antirreligioso. É o que garante a liberdade de crença,” disse ele.

Outro alvo da manifestação foi a ameaça do PLC 122, que transforma em crime toda crítica às práticas homossexuais. A manifestação se tornou mais necessária, pois apenas um dia antes da Marcha pela Família, Renan Calheiros (PDMB-AL), o presidente do Senado, afirmou que, com ou sem consenso, vai fazer com que o Senado priorize a aprovação do PLC 122. Teria tentado Calheiros, cuja eleição para presidente do Senado foi marcada pela exposição de seus escândalos políticos, afrontar a manifestação pró-família? Marcha pela Família em Brasília Calheiro não é o único que vê com maus olhos iniciativas em favor da família.

A mídia esquerdista brasileira, que adora inflar os números das paradas gays, fez tudo o que pôde para pintar, para seus espectadores, um quadro de pequenez para a Marcha pela Família. De acordo com denúncia do Portal Fé em Jesus, o CorreioWeb anunciou 8 mil pessoas, mas depois corrigiu. O Estadão também optou por apresentar um número murcho para o evento. O Congresso Em Foco, que é a coroa da mídia pró-PT no Congresso Nacional, apostou em apenas 30 mil pessoas, numa reportagem que não conseguiu esconder seu azedume por um evento de protesto contra o aborto, contra o “casamento” gay e contra o ditatorial PLC 122. Marcha pela Família em Brasília Anos atrás, ao tratar da Marcha para Jesus, o Congresso Em Foco retratou o evento como igual à Parada Gay, como se ambas as passeatas fossem marcadas por farras, bebedeiras, violência e sexo anal.

Mas na hora de entrar na questão dos números, a igualdade foi zero. O veículo pró-sodomia fez questão de atribuir números estratosféricos às paradas gays. A Marcha para Jesus ou a Marcha pela Família? O Congresso Em Foco não viu e, mesmo antes de ver, já pode garantir: foi pequena. A realidade da força desses eventos ou os sentimentos pró-família do povo brasileiro pouco mexem com o senso do Congresso em Foco em particular ou da grande mídia geralmente. Eles preferem, mesmo de olhos vendados e antes do evento, afirmar que uma parada gay teve 3 ou 4 milhões de participantes.

Para todo o resto, especialmente para o povo que está vendo, eles são completamente cegos. Num artigo sobre comportamento homossexual, feito com sua notória parcialidade designada para produzir nos leitores reações de apoio às causas gays, o Congresso Em Foco se deparou com um fato inédito em seus anos de propaganda esquerdista: os leitores manifestaram seus sentimentos pró-família discordando da descarada propaganda pró-homossexualismo. O artigo acabou se tornando, até aquela ocasião, o mais comentado de Congresso Em Foco, que não teve outro recurso se não acusar seus próprios leitores de “homofobia.”

É muito difícil praticar jornalismo honesto no Brasil. Mas é fácil, em cargos políticos ou jornalísticos, adulterar dados, números, estatísticas e fatos, com apenas uma canetada maliciosa, em favor de agendas destrutivas, como a agenda gay, e em desfavor dos sentimentos da maioria do povo brasileiro, que é pró-família. Tais sentimentos não são respeitados nem mesmo quando são manifestos por seus próprios leitores e eleitores.

O Congresso Em Foco preferiria, é claro, passeatas evangélicas mais alinhadas com os objetivos da ONU. Elas existem, mas não foi o que aconteceu no evento em Brasília. Marcha pela Família em Brasília O fato é que o povo compareceu em massa à Marcha pela Família em Brasília. Sua mensagem foi clara: Queremos vida, não morte nem aborto. Queremos família, não falsificações grosseiras, inclusive o “casamento” gay. Queremos liberdade, não opressão. Um recado poderoso foi passado aos políticos e à mídia: com ou sem canetadas maliciosas, o povo está de olho e vai lutar pela família. Com informações do Portal Fé em Jesus e do Congresso Em Foco.
CONSIDERAÇÕES DO AUTOR DO BLOG DE INDE FORAM RETYIRADAS AS INFORMAÇÕES, O AMIGO ALARICO.
 
Brasilia, longe e difícil de se viajar para lá no meio da semana e ainda assim 1oo mil cristãos marcharam para lá e se manisfestaram pra valer. Imaginem que para cada cidade brasileira com mais de 400 mil habitantes ( apenas para ter uma idéia!)
QUANTOS HABITANTES DE CADA UMA DESTAS CIDADES SÃO A FAVOR E ALIADOS DOS CRISTÃOS QUE ESTAVAM EM BRASILIA??? DIGAMOS QUE O BRASIL TEM UMA MÉDIA GROSSEIRA DE UMAS 300 CIDADES COM 400 MIL HABITANTES ENTÃO PARA CADA CIDADE VAMOS BOTAR QUE "APENAS"100 MIL APOIE A CAUSA ISSO DÁ 300x100= 3. MILHÕES DE PESSOAS!!! EU ESTOU BOTANDO NUMEROS MINIMOS SEM CONTAR COM CIDADES MAIORES E MENORES DE 400 MIL PESSOAS!! IMAGINEM O NUMERO FABULOSO DE IMENSA MAIORIA QUE SOMOS!! E ESSES ... ESQUERDISTAS CÍNICOS, ARROGANTES, ADULADORES E BAJULADORES DE FRESCOS ,PUTAS, BANDIDOS E DEGENERADOS DE TODO NAÍPE QUEREM PASSAR POR CIMA DESSA REALIDADE???
COITADOS!
 SÃO LOUCOS E NÃO SABEM...
O PASTOR SILAS MALAFAIA MOSTROU O CAMINHO ...
 A HORA É DE IR PARA RUA E DEFENDER O QUE É NOSSO! ESSES ...SÃO SÓ UM PEIDO DE MOSQUITO EM RELAÇÃO AO POVO DECENTE DO BRASIL
Alarico Trombeta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.