quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

UMA GRANDE VITÓRIA DO POVO LIVRE DO CABO

O Movimento ECO-VIDA – Em Defesa do Cabo de Santo Agostinho e o Movimento em defesa da Mata do Engenho Uchoa, receberam, em nota oficial, o posicionamento da prefeitura do Cabo de Santo Agostinho sobre a não instalação de uma Usina Incineradora de Lixo com sentimento de vitória.




Ambos os movimentos são compostos por entidades e pessoas reconhecidamente sérias e de tradição de lutas sociais e ambientais.
O Movimento em Defesa da Mata do Engenho Uchoa existe há mais de 30 anos lutando contra toda sorte de depredação de que foi alvo a mata. Diante da ameaça da instalação de uma usina para tratamento de lixo na APA Rousinete Falcão (APA do Uchoa) não poderia deixar de se indignar com as autoridades governamentais que, irresponsavelmente, assinaram as licenças prévias para a instalação da referida Usina, procurando com isso resolver o problema do lixo da cidade do Recife, que precisa de solução digna. O movimento têm consciência dessa necessidade, porem, é necessário que se busque alternativas conseqüentes e ecologicamente educativas.
A instalação desse empreendimento só prejudicaria o meio ambiente e, consequentemente, toda a população do Recife e do Cabo de Santo Agostinho, cidade de 179.912 habitantes que receberia a unidade incineradora da Usina, que seria responsável pela contaminação da cidade, pois exalaria os mais perigosos gases: a dioxina e o furano, nefastos a vida de toda população, causadores dos maiores impactos ambientais.

Preocupadas com essa iminente ameaça, entidades dos mais variados segmentos sociais do Cabo de Santo Agostinho, criaram o Movimento ECO-VIDA, resposta ao silêncio que regia todo o andamento do processo de licenciamento do projeto, sobretudo no Cabo. Várias manifestações contrárias ao projeto foram encampadas, chegando-se a fazer um Ato Público no momento da inauguração do Hospital Dom Helder, com a presença do governador Eduardo Campos. Nesse Ato, com a interferência do governador, ficou garantida uma reunião na CPRH, realizada no dia 6 de julho do corrente com a presença de representantes do Movimento Eco-Vida e de representantes do Movimento em Defesa da Mata do Engenho Uchoa; na reunião com a CPRH deliberou-se a sistemática da Audiência Pública do dia 08 de julho do corrente no Clube das Águias e da realização de uma Audiência Pública no Cabo de Santo Agostinho.
Apesar de não ter havido audiências com o executivo municipal, a força do Movimento Eco-Vida e a mobilização do povo conseguiram o posicionamento oficial do prefeito do Cabo pela NÃO IMPLANTAÇÃO DA USINA DE INCINERAÇÃO.
O Movimento Eco-Vida e o Movimento em Defesa da Mata do Engenho Uchoa conseguiram derrotar o projeto da CTRD que seria implantado nas cidades do Cabo e do Recife. Por isso se consideram vitoriosos e com as energias renovadas para continuarem em vigilância permanente contra qualquer projeto que venha ameaçar o meio ambiente e a qualidade de vida da população.

Movimento Eco-vida
Movimento em Defesa da Mata do Engenho Uchoa

NOTA DO AUTOR DO BLOG: Parabéns a todos por esta vitória do povo cabense, Jairo Lima, Chico da Charneca, Eli, o incansável batalhador nas lutas em defesa dos direitos do povo o saudoso CARLOS ROBERTO DOMINGOS DE MOURA (MOURA DO PORTAL CABO) e tantos outros que contribuiram dedicando horas em defesa do meio ambiente.
Parabéns a todos.
ET: Os amigos do Movimento Mata do Engenho Uchôa que sempre estiveram ao lado dos cabenses nessa batalha, nossa gratidão.     

UMA IMAGEM QUE NÃO VEREMOS:


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.