sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

FALO SOBRE ISTO HÁ CINCO ANOS


ATENÇÃO POLICIA FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO DO BRASIL.

ESCÂNDALO ESTARRECEDOR COM PETRALHAS E OUTROS.
QUERO VER SE ABREM A TAL CAIXA PRETA...
COMO TUDO NO BRASIL VAI SER VARRIDO
PRA DEBAIXO DO TAPETE. E ISSO VAI DEPENDER
DE ADORÁVEIS TRANSAÇÕES E GORDAS
COMISSÕES...
EU SOU RAY PINHEIRO.
Roubo de nióbio - Entrevista com Antonio J. Paiva - http://www.novojornaltv.com.br/player_nj/index.php?cod=48
http://sociedademilitar.com.br/index.php/joomla-overview/193-justica-de-minas-gerais-vai-investigar-a-questao-do-niobio-que-e-explorado-sem-licitacao-a-mais-de-40-anos.html
Justiça de MINAS GERAIS vai investigar a questão do NIÓBIO, explorado sem licitação a mais de 40 anos.
O estranho caso do precioso metal, supostamente sub-faturado e que pode estar financiando ilicitamente desde atividades políticas a emissoras de TV volta a tona nesse início de 2013 graças ao uso das redes sociais, a questão do precioso metal se tornou notícia ha cerca de 3 anos por conta de uma revelação feita no site Wikileaks. Promotores já falam até sobre a necessidade da criação de um órgão nos moldes da Petrobras para a administração das jazidas.
O Ministério Público estadual vai abrir uma investigação para apurar possíveis danos que a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) possa ter cometido contra os cofres do governo de Minas na comercialização do nióbio para o exterior.
Mundial - A CBMM, que integra o Grupo Moreira Salles, tem subsidiárias na Europa (CBMM Europe BV-Amsterdam), Ásia (CBMM Asia Pte - Cingapura) e na América do Norte (Reference Metals Company Inc.-Pittsburgh), de onde são comercializados os minerais que vão para o exterior.
Fraude - O Ministério Público desconfia que o nióbio vendido para o exterior tenha o valor da tonelada subfaturado. O MP acredita que, depois que o nióbio deixa o Brasil, as subsidiárias nos três continentes revendem o mineral para o resto do mundo com valor maior do que o estipulado no Brasil, lesando o cofre do governo de Minas, que tem participação nos lucros da mineradora.
INVESTIGAÇÃO- Promotores de Justiça preparam um arsenal de documentos para abrir a caixa-preta da exploração de nióbio em Araxá. O mineral é explorado com exclusividade pela Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), de propriedade da família Moreira Salles, que fundou o Unibanco.
Privilégios - O Ministério Público de Minas pretende usar esses documentos para entender como a CBMM tem o privilégio de extrair o mineral, considerado um dos mais estratégicos do mundo, sem licitação, há mais de 40 anos.
Acordo - O governo de Minas Gerais detém a concessão federal para explorar a jazida, mas arrendou à CBMM sem nenhum critério.
Em 1972, o Estado constituiu a Companhia Mineradora de Piroclaro de Araxá (Comipa) para gerir e explorar o nióbio em Araxá. Como não tinha know-how, à época, definiu que arrendaria 49% da produção do nióbio para a CBMM, sem licitação.
Depois da investigação e análises dos dados obtidos, o Ministério Público quer acabar com a farra e obrigar o governo de Minas a abrir licitação para a exploração deste que é o maior complexo mínero-industrial de nióbio do mundo.
O nióbio. As Jazidas estão presentes em 3 cidades brasileiras: 61% proveniente de Araxá (MG), 21% das reservas em Catalão (GO) e outros 12% em São Gabriel da Cachoeira (AM). O Brasil é detentor de mais de 95% das reservas mundiais e especula-se que os mineradores brasileiros comercializem o material de forma sub-faturada. "O dinheiro do mensalão não é nada, o grosso do dinheiro vem do contrabando do nióbio" e que "José Dirceu estava negociando com bancos, uma mina de nióbio na Amazônia".
Adriano Benayon, ex-diplomata, professor aposentado do departamento de Economia da Universidade de Brasília e autor do livro “Globalização versus Desenvolvimento”, apresentou a sua conta sobre o prejuízo que o país tem ao não se investir em tecnologias que agreguem valor ao mineral: “Só com o nióbio o Brasil deixa de ganhar anualmente centenas de bilhões de dólares. Diretamente perde cerca de US$ 40 bilhões, com o descaminho e com a diferença entre o valor das ligas ferro-nióbio no exterior e seu preço oficial de exportação, vezes a quantidade. Por ter a economia brasileira sido desnacionalizada e desindustrializada, a perda total é um múltiplo, maior que dez, dessa quantia. De fato, os bens finais em cuja produção o nióbio entra atingem preços até 50 vezes maiores que os valores reais no exterior dos insumos à base de nióbio. Esses insumos — como os do tântalo, do titânio, do quartzo etc – são ‘vendidos’ pelo Brasil por frações de seu valor no exterior. Já a China industrializa suas matérias-primas. Com isso o produto nacional bruto multiplicou-se por 20 nos últimos 30 anos, tornando-se a 2ª maior potência mundial”.
Eu sou RAY PINHEIRO.


quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

ATUALIZANDO E RESPONDENDO!

quinta-feira, 1 de setembro de 2011



SERÁ QUE AINDA EXISTE O DINHEIRO PARA CONSTRUÇÃO DA ESTRADA DE CURCURANA OU OS LADÕES JÁ COMERAM TUDO?


Ate quando moradores e usuários da Estrada de Curcurana (Av. Barras - Jaboatão / Av. Vereador Horácio Ferraz- Pontezinha - Cabo) terão que suportar o martírio de usar uma estrada sem a menor estrutura para o volume atual de trafego?
O que falta para que se iniciem as obras de duplicação e/ou construção da nova Estrada de Curcurana.
Muitos são os boatos, será duplicada, será construída, passara pela beira do Rio Jaboatão, mas, qual das versões é a verdadeira visto que o governo não sinaliza. As prefeituras envolvidas idem.
Dinheiro gasto com estudos e mais estudos, panejamento, calculo, vergonha como as que sofreram os representantes dos órgãos governamentais tentando em 2010 colocar na cabeça do povo EIA?RIMA baseada em dados de 2005, dinheiro do povo gasto como se lixo fosse, claro! Não é do bolso dessa cambada de crápula que sai e não são os gastos gerados por haver um deles achado por bem mudar tudo, o dinheiro desperdiçado a eles não fará falta, mais ao povo sim.
(NOTEM: A ESTRADA SEGUE EM LINHA RETA DE BARRA DE JANGADA A TÉ A BR-101)
Será que os cidadãos não podem saber quais as intenções do governo para esta obra?
O que esta sendo escondido, (se realmente está) ou é apenas mais uma das artimanhas suadas por interesses políticos?
Estas projeções não surgiram ao acaso nem forem inventadas fazem parte de um todo com pré projeto, valores etc.
Esta em andamento ou parada, se parada porque não tentam minimizar o sofrimento de toda esta gente que usa ou vive às margens desta via sem condições, se em andamento porque o povo não sabe, é muito mais fácil aguentar um sofrimento quando se tem pelo menos a noção que algo esta sendo feito para amenizar.
Será que o dinheiro destinado a estas obras (principalmente a Estrada de Curcurana), ainda existe ou serviu para tapar algum buraco.
Olhem bem!
Em 2005 tudo este projeto já estava definido, o traçado da Estrada mudou por quê? Os empresários aliados a políticos safados, a panelinha conhecida, quis mudar para a margem do Rio Jaboatão tendo em vista que em futuro breve às margens da estrada que de acordo com mais uma safadeza do CPRH passaria deixando uma faixa de 100 metros como área de segurança para preservação do mangue, depois de algum tempo seria ocupada por endinheirados que pagariam fortunas por licenças ambientais para construírem às margens do Rio Jaboatão suas mansões com diques de onde partiriam suas lanchas para passeios no Paiva, ou algumas pousadas de proprietários laranja de políticos?
Estas fotomontagens fazem parte de um trabalho “PERNAMBUCO – Componentes estruturadores e investimentos estratégicos”, para que? Para nunca sair do papel ou para dar tempo para roubar mais? QUANTO GASTARAM PARA FAZER ESTRE TRABALHO? QUANTAS EMPRESAS DE AMIGOS E PARENTES GANHARAM COM ESTUDOS, CÁLCULOS E PROJEÇÕES?
Será que o Brasil nunca deixará de ser o lugar onde ladrão responde por crime de QUEBRA DE DECORO e não por roubo? Quem denomina este tipo de crime como Falta de decoro é muito mais ladrão que todos os políticos ladrões de Brasília

2 comentários:

  1. cqueoncordo plenamente.isso eh o brasil.isso eh o nordeste.isso eh pernambuco.e o atual governador pousa em campanha eleitoral vista nas tv de spaulo mostrando em conversa fiada que eh um grande administrador. mas eh isso ai. enquanto o povo for comprado com uma sexta básica e um trio eletrico com musica e cerveja o que se pode esperar ? nada mais que isso, pois quem os elege hoje quem eh ? somos nos,o povo. voce so precisa tempo na midia no horario nobre e dinheiro da corrupção para colocar voce no sistema. o resto eh novela das 6, 7, 8,etc
    que eh o que o povo (nos) gostamos. sem mais palavras.
    ResponderExcluir
  2. Gente quando vai sair este projeto.
    ResponderExcluir

domingo, 10 de fevereiro de 2013

AMANHÃ BESOURO NAS RUAS