quarta-feira, 3 de julho de 2013

QUANDO OS DIRIGENTES DE UM PAÍS NÃO MERECEM CONFIANÇA, UMA COISA DESSAS CHEIRA A VERDADE, SE ASSIM FOR, BRASILEIRO NÃO ACEITA ISTO. COMPRAR VITÓRIA!


O PRIMEIRO ITEM É CLARO AS 11:58 O BLOGUEIRO JÁ SABIA O RESULTADO

O Ministro do Esporte, Aldo Rebelo(PC DO B),o ex-Presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT/RS)e o Presidente, Joseph Blatter logo após a final Brasil X Espanha
Fonte: Blog do Professor Hariovaldo Almeida Prado
Fonte
Encurralada pela mídia imparcial e pelos homens bons, a búlgara usurpadora, num lance de desespero, usou as reservas do fundo soberano para comprar o título das Copas das Confederações, na vã tentativa de salvar seu pífio mandato e reverter o desagrado popular com a realização da Copa de 2014 no Brasil. O valor foi acertado com um dirigente da entidade máxima futebolesca mundial e depositado na última sexta-feira em sua conta numerada na Suíça, já descontado os tradicionais 10% pagos ao dirigente brasileiro que intermediou a transação, senhor Ricardo Ferreira.
Com isso, o escrete espanhol já entrou em campo sabendo que deveria perder, e com máxima eficiência foi logo cedendo um gol para o time canarinho, que pela incompetência, se assim não fosse, seria capaz de fazer vários gols contra, perdendo o jogo, visto que a equipe conta com vários pernas de paus, e é dirigida por dois incapazes.
Beneficiada com uma parte do dinheiro e com futuros títulos comprados na Europa, a Espanha aceitou e seguiu o script maléfico dilmista, se auto-impondo uma triste derrota, para o delírio das massas brasileiras, numa página negra que ficará marcada para sempre na história do esporte como um dos pontos mais baixo das disputas desportivas internacionais. O Futebol está de luto, só nos resta uma certeza.
Colaborador: Ednaldo Campos Isto, infelizmente é verdade. Depois de muito pesquisar, vi no portal transparência Brasil um pagamento feito em nome de uma arquiteta suíça Tilla Theus, em dezembro de 2012. Esta tal arquiteta foi a responsável pelo projeto da sede da FIFA, em Zurique O pagamento vem sob a denominação: "Honorários de consultoria para a Copa das Confederações. É só checar.
Siga o Twitter que desvendou a farsa horas antes da partida o denunciante diz: Agora são 11:58 horário de Brasília e vim aqui antecipar o resultado... A noite todos saberão a verdade. Obrigado. Bom dia.Farsa

Seleção Espanhola invicta antes da partida com o Brasil
Ao derrotar a Itália nos pênaltis nesta quinta-feira em Fortaleza, pelas semifinais da Copa das Confederações, a seleção espanhola levou a 29 jogos sua invencibilidade em competições oficiais.
A última derrota foi para a Suíça (1-0), no dia 16 de junho de 2010, na estreia da Copa do Mundo da África do Sul, onde conquistando o título ao vencer a Holanda na final.
Levando em conta jogos amistosos, a Espanha não perde desde novembro de 2011, quando foi derrotada por 1 a 0 para a Inglaterra em Londres.
No último domingo, quando derrotou a Nigéria por 3 a 0 na última rodada da primeira fase da Copa das Confederações, a Fúria tinha batido o recorde da França, invicta em 27 jogos oficiais no final dos anos noventa.
A marca da Espanha pode chegar a 30 se derrotar o Brasil neste domingo no Maracanã, na final da Copa das Confederações.
Seleção Espanhola invicta antes da partida com o Brasil
Seleção Brasileira antes da Copa das Confederações

Seleção Brasileira cai para 22ª no ranking da Fifa, pior colocação da história; Espanha segue na liderança

Fora de competições oficiais desde julho de 2011, quando disputou a Copa América, o Brasil segue caindo no ranking da Fifa (Federação Internacional de Futebol Associado). Nesta quinta-feira, a entidade máxima divulgou atualização da lista e a Seleção aparece na 22ª colocação, com 872 pontos, perdendo três posições em relação ao mês de maio. A Espanha (1614) continua na liderança, seguida por Alemanha (1416) e Argentina (1287).



Exclusivo: Dilma pagou 300 milhões de doláres pelo título da Copa das Confederações

30 de junho de 2013
By

Encurralada pela mídia imparcial e pelos homens bons, a búlgara usurpadora, num lance de desespero, usou as reservas do fundo soberano para comprar o título das Copas das Confederações, na vã tentativa de salvar seu pífio mandato e reverter o desagrado popular com a realização da Copa de 2014 no Brasil. O valor foi acertado com um dirigente da entidade máxima futebolesca mundial e depositado na última sexta-feira em sua conta numerada na Suíça, já descontado os tradicionais 10% pagos ao dirigente brasileiro que intermediou a transação, senhor Ricardo Ferreira.
Com isso, o escrete espanhol já entrou em campo sabendo que deveria perder, e com máxima eficiência foi logo cedendo um gol para o time canarinho, que pela incompetência, se assim não fosse, seria capaz de fazer vários gols contra, perdendo o jogo, visto que a equipe conta com vários pernas de paus, e é dirigida por dois incapazes.
Beneficiada com uma parte do dinheiro e com futuros títulos comprados na Europa, a Espanha aceitou e seguiu o script maléfico dilmista, se auto-impondo uma triste derrota, para o delírio das massas brasileiras, numa página negra que ficará marcada para sempre na história do esporte como um dos pontos mais baixo das disputas desportivas internacionais. O Futebol está de luto, só nos resta uma certeza, Aécio Neves é o campeão moral dessa copa de manifestações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.