terça-feira, 24 de abril de 2012

HOJE HOMENS E MULHERES FALARÃO AO POVO DE PONTEZINHA, ESPEREMOS QUE NÃO SEJAM PALAVRAS VÃS!

Se você marca encontro comigo as dez, não comparece sequer avisa (mesmo inventando uma mentira),quando você me diz que vai mudar uma montanha de lugar mesmo que para isso leve quatro anos, quando você hoje me abraça, ri, caminha a meu lado em busca de seus ideais e quando consegue me desconhece, não merece sequer ser chamado de homem.

Nas campanhas políticas coloca-se em jogo exatamente isto, a hombridade (no sentido caráter - Ética é aquilo que você faz quando todos estão olhando, quando faz sem que ninguém veja, chama-se caráter).

Há cinco anos era possível subir em um palanque expor seus projetos (mesmo que apenas para conseguir alcançar seus objetivos e quando isto acontece, todos os planos, promessas são descartadas).

Hoje são gravados e filmados facilmente, então como pode um homem querer ser chamado de "homem" quando até mesmo o que sai de sua boca é pura mentira e poderão ser provadas.

Estas palavras não identificam ninguém em especial, servem apenas como alerta.

Será que daqui a quatro anos os homens e mulheres que falarão ao povo de Pontezinha poderão ser considerados, homens honrados, ou mulheres?

Saberemos em quatro anos, com uma pequena ressalva, quatro anos é tempo mais que suficiente para que homens ou mulheres sem caráter destruam o futuro de milhares.

O Futuro nunca é agora, é construído ou destruído agora!

Com apenas dois números cada um de nós traçaremos os caminhos que nos levarão a um futuro que esperamos há cinquenta anos, ele pode chegar ou pode continuar sendo apenas uma meta a ser alcançada e nossos filhos e netos continuarão ouvindo e dizendo: O Brasil é o país do futuro, um futuro nunca alcançado por total incompetência de cada geração.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.