quarta-feira, 14 de julho de 2010

Apenas repassando, mais como sempre onde tem fumaça tem fogo...

Quarta-feira, Julho 14, 2010

Bruno, Lula e os crimes hediondos.

Não confundam o da esquerda é o presidente

Bastou Lula chegar ao Brasil para ofuscar completamente o crime hediondo de Bruno. Lula está nas manchetes por trucidar a democracia, rasgar a Constituição e ainda debochar da Justiça. O goleiro do Flamengo ainda é um suspeito e não se sabe por inteiro qual foi a sua participação no assassinato brutal da amante. O corpo ainda não foi encontrado. O presidente do Brasil não, o presidente do Brasil é réu confesso de assassinato de uma respeitosa senhora que atende pelo nome de Lei Eleitoral, justamente para proteger a sua concubina, a sua amante, a sua teuda e manteuda. Bruno, ao que tudo indica, usou amigos para concretizar o brutal crime. Lula não! Lula prefere agir diretamente, botando a mão na massa com prazer e requintes de crueldade, deixando para os amigos o papel secundário de cúmplices que aplaudem embevecidos cada golpe que ele desfere contra o estado de direito. Lula e Bruno são quase iguais. A diferença a favor de Bruno é que ele ainda tem o benefício da dúvida. Não é réu confesso. Lula não! Ontem, antes de cometer mais um crime brutal, ainda disse que não deveria cometê-lo. É um reincidente perigoso, doentio, psicopata no que se refere ao respeito às leis. O mínimo que se exige é que seja investigado, condenado e pague pelos seus crimes.
FONTE : COTURNO NOTURNO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.