terça-feira, 20 de abril de 2010

De volta ao lixo digo, a USINA.

Oposição no Recife cobra que requerimento da CPI do

lixo entre em pauta nesta terça

Matéria retirada: http://www.portalcabo.com.br/
Outra boa noticia contra a usina de lixo no Cabo



Isto mostra a Gravidade ambiental que este tipo de Usina pode acarretar para o Cabo veja na matéria abaixo que a Vereadora Aline Mariano (PSDB) do Recife pede votação nominal dos vereadores quanto à instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do lixo. Aline quer saber o que pensam os pares da Casa acerca dos contratos para a manutenção, limpeza urbana e tratamento do lixo no Recife.

Ainda bem que não estamos sozinhos nesta luta.




O requerimento será apresentado aos parlamentares na tarde desta terça-feira (20 de abril). Se aprovada, a comissão será composta por cinco membros, assegurada a proporcionalidade partidária, com o prazo de duração estabelecida no artigo 244 do Regimento Interno. A votação é de maioria simples e o presidente da Câmara só vota em caso de empate.

A ideia da CPI é apurar as seguintes questões relativas ao lixo: a coleta, o tratamento (que é o Recife Energia) e os aterros (destinação do lixo). “Passamos quase um ano aqui questionando os contratos com as empresas interessadas no serviço. Não entendemos a demora nessa licitação. O próprio Tribunal de Contas do Estado (TCE) já fez recomendações que não foram acatadas pela PCR, a exemplo, dividir em mais lotes o valor do contrato e diminuir o valor da despesa. Mas a prefeitura insiste em manter os mesmos critérios. Quer apenas duas empresas prestando o serviço da coleta, adiando a licitação e deixando de fora empresas que gostariam de participar da seleção”, denuncia Aline.

A empresa Andrade Guedes é responsável pelo lote 1, que é de 30%. Já a Vital Engenharia Ambiental tem o 2 lote, ou seja, 80% . Ambas trabalham através de contratos temporários – o que causa instabilidade contratual e de prestação de serviço -, já que o processo licitatório está suspenso por determinação judicial. A primeira empresa recebe, em média, R$ 6,1 milhões para executar o serviço. Já a segunda, R$ 2,1 milhões mensais.

Além disso, existe um valor milionário que vem sendo gasto com dois aterros sanitários privados: Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, e o CTR, em Igarassu. O valor do investimento com os dois é de pelo menos RS 8,9 milhões. O polêmico contrato para o Recife Energia vai dispensar recursos da ordem de R$ 308 milhões, em área de preservação ambiental.

Em maio do ano passado Aline propôs a CPI do lixo. Á época, chegou a ter 11 assinaturas, das 13 necessárias para a aprovação da comissão. Após uma manobra governista na Casa, quatro parlamentares recuaram e tiraram suas assinaturas do documento.

MEU COMENTÁRIO
Como dito acima; depois de uma manobra “parlamentarmente falando”.



Aqui fora conhecido como conchavo ou maracutáia em alguns casos chantagem: Ou você retira sua assinatura ou deduramos você no caso do desvio de verba X.


Normal, corriqueiro, naturalissímo dentro do ambiente parlamentar.


Hoje dá para comparar os parlamentares brasileiros com os padres pedófílos, morrem na “túia” mais continuam se dizendo honrados.


É mais fácil todo este “esforço” dar em nada, rezemos que não afinal nem todos na ALEPE são corruptos .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.