terça-feira, 17 de novembro de 2015

TEM QUE REDUZIR CUSTOS, CORTA ALGUMA COISA EM PONTEZINHA


Como sempre e em qualquer gestão, quando se tem que cortar serviços à comunidade Pontezinha sempre esta na linha de fogo.
Precisa reduzir custos?
Retira de Pontezinha.
A população perdeu: Posto policial, Correios, Posto de serviços bancários e agora, isto é a algum tempo por uma redução de custos na área de saúde os moradores de Pontezinha (claro! Morador de Pontezinha só serve para votar, atenção nenhuma) perderam uma coisa simples mais que para os usuários, principalmente idosos e deficientes causa um transtorno incalculável.
Reduzindo custos a secretaria de saúde retirou a coleta de material para exames, claro que se levarmos em conta que em apenas um posto este serviço era executado já demonstra a precariedade, porém, retirar obrigando os necessitados levarem seu material até o Posto 24 horas (Jamaci) em Ponte dos Carvalhos. Recebendo bastante reclamações reuniram-se na sede do Conselho Social dos Moradores membros representativos da sociedade que acordaram procurar a secretaria antes de mobilizar a comunidade em busca do retorno deste seu direito já adquirido, assim foi feito. Uma comissão solicitou audiência com o senhor secretário da saúde, senhor Ricardo Marlon e esta audiência foi marcada para o dia 16/11 ás 09:30 horas, a comissão chegou à secretaria e pouco depois foi informada que o secretário estava numa reunião com o ministério público (caso que mesmo que verdadeiro demonstrou o respeito da autoridade com a comunidade (visto ter sido audiência marcada com data e hora definidos)). Assim fomos recebidos pela coordenadora de saúde Drª Edite, por sinal pessoa bastante atenciosa. A Drª tomando por base as ações que possam ser realmente implementadas explicou sobre as dificuldades devido o drama financeiro vivido pelo país. Isso todos nós sabemos e em parte todos somos co responsáveis graças escolhas mau feitas elegendo pessoas incapacitadas para dirigir não apenas o município mais o país. Foram expostos os pontos negativos da área em Pontezinha e a Drª de forma ética comunicou que não garantia o retorno imediato do serviços por falta de verbas para tal. Pediu sugestões o presidente do Conselho, tendo em vista a afirmativa que o serviços não poderia ser retomado de imediato sugeriu que a coleta fosse feita em dias alternando entre Pontezinha e Ponte dos Carvalhosa, a Drª acatou e se comprometeu estudar a proposta. Porém se a prefeitura cortar metade dos cargos comissionados (dos faz nada) daria para restabelecer o serviço e até pagar outros médicos. Se cortasse os gastos com shows, também, mais isso seria um desastre já que a gestão tem em shows a base de sua sustentação. Visto! Aguardamos o parecer e as providencias da secretaria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.