sexta-feira, 12 de março de 2010

A COMPESA CAVA O CONTRIBUINTE QUE SE DANE


Novamente, COMPESA!


É de conhecimento público a existência de um acordo entre a COMPESA e algumas prefeituras, a COMPESA quebra, abre buracos, conserta seus tubos, avalia e repassa o valor para que as prefeituras tapem os buracos feitos por ela.

Muitas vezes quando o valor é repassado o buraco que media dois metros quadrados já tem seis, isso sabe-se lá por quanto tempo.

Aqui em Pontezinha, CABO DE SANTO AGOSTINHO, para os que não sabe onde fica, a COMPESA faz uma campanha contra o desperdício invejável, canos estourados por meses a fio, reclamações aos montes sem resposta, água desperdiçada em quantidades impressionantes, é literalmente um exemplo da campanha feita por ela.

Quando a Prefeitura recapeou parte a Horácio Ferraz, dois dias depois a COMPESA furou uns cem metros, passamos três meses comendo poeira.

Um vazamento na Travessa da Merendiba desperdiçou água por uns dois meses, fizeram o serviço a primeira vez, voltou a vazar em três dias, fizeram novamente, foram apenas horas, agora a terceirizada “PONTO CERTO” – uma retro-escavadeira, quatro homens, quebraram toda a rua, parte da calçada feita pelo contribuinte, a terra retirada do buraco para execução do serviço esta dentro da caneleta, obstruiu por completo, ontem 11/03 passaram a tarde nesse serviço, resultado, rua interditada, caneleta entupida.
Água minando esta enchendo o buraco e derrubando as margens, com isto o resto do asfalto e da calçada.
Se chover para onde irão as águas, para dentro das casas?


De quem será a culpa?

COMPESA OU PREFEITURA?

A COMPESA quebrou, mais deveria ter uma fiscalização da prefeitura para exigir pelo menos as a desobstrução da galeria já que não tem pessoal para isto.

Será que Pontezinha é o curral da COMPESA, onde ela quebra sem comunicar nada, destrói o que foi construído pelo contribuinte já que a prefeitura não fez calçadas por aqui, obstrui o caminho das águas, interdita rua, deixa uma esculhambação de fazer inveja a qualquer petista e os moradores da localidade que se danem?

Agora queremos saber, pelo menos eu (Alberto Figueiredo) quero saber quem é responsável por toda esta zona, esta falta de respeito ao cidadão, aos moradores a uma comunidade?

Sr. Raimundo, secretário do Cabo, Sr. Presidente da COMPESA, quem é responsável, teremos que amargar os problemas caso tenhamos uma chuva forte por incompetência dos contratados pela COMPESA (já que durante o serviço os trabalhadores falavam ao telefone que o que estavam pagando não era suficiente), da parte da prefeitura, que já conhece a forma incompetente que trabalha a COMPESA porque não exige pelo menos a limpeza urgente da galeria, e não tinha uma pessoa sequer para fiscalizar o serviços visto que hoje em dia quando a COMPESA vem quebrar é com máquinas e a destruição é grande?

Ficam as perguntas,

Quem é mais incompetente a COMPESA ou seus terceirizados?

Quem é responsável por toda esta falta de controle e de respeito à comunidade?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.