sexta-feira, 11 de novembro de 2016

NÃO EXISTEM OUTRAS OPÇÕES ESTA É A ÚNICA FORMA DE SALVAR O BRASIL

ASSEPSIA EM CINGAPURA: UM RADICALISMO PARA REFLEXÃO

Revoltado com a situação caótica de seu país, o Militar Lee Kuan Yew, (QUE NÃO ERA NENHUM GRANDE GENERAL BRASILEIRO) comandou um movimento e assumiu (no final da década de 80), com mão de ferro, o comando de Cingapura.

Em seis meses, dos cerca de 500 mil presidiários sobraram somente 50.

Todos os outros, criminosos confessos, foram fuzilados.

Todo homem público (político, policial, etc) corrupto foi fuzilado, quando existiam provas contra eles.

 Todos os empresários ladrões foram fuzilados ou fugiram rápido do país.

A multidão de drogados que ficava dormindo nas ruas, fugiu desesperada para a Malásia, para não terem que trabalhar ou serem fuzilados.

Durante meses a televisão divulgou, intensivamente, uma mensagem: o novo governo avisa que o país está com câncer e que a única solução é extirpá-lo. Se algum parente seu foi extirpado, compreenda, ele era um câncer para a nação.

Depois de ter feito toda a limpeza no país. Reorganizado o sistema político, judiciário e penal, esse militar convocou eleições diretas e se candidatou para presidente.

Venceu (com o Partido Popular de Pré-Ação - PAP) as eleições com 100% dos votos. O partido, posteriormente, chamado de Partido Popular de Ação (PPA), liderado por Lee, conquistou 8 vitórias entre 1984 e 2009

Lee introduziu a legislação dando ao"Corrupt Practipes Investigation Bureau" (CPIB) maior poder para efetuar as prisões, investigar, chamar testemunhas, verificar contas bancárias e pagamento de impostos de renda, além de poder retomar os bens de pessoas suspeitas e de suas famílias. Acabando, definitivamente, com a corrupção.

Hoje, Cingapura é um dos países mais seguros de se morar. É mais desenvolvido, e mais seguro que os Estados Unidos, Inglaterra, ou Israel.

Já no avião, a ficha de desembarque tem um "DEAD" (morte) bem grande em vermelho e a explicação da penalidade sobre o porte de drogas.

Qualquer droga.

Com um mínimo de cocaína encontrada, o sujeito é sumariamente fuzilado. Ou condenado a prisão perpétua com trabalhos forçados.

Um surfista brasileiro, tentou entrar em Cingapura com uma prancha de surf recheada de cocaína.

É óbvio que ele determinou sua própria morte.  A mãe do jovem traficante apareceu na TV pedindo para o Lula interceder pelo filho.

Não adiantou nada.

Nem mãe, nem Lula, nem protestos, evitaram o cumprimento da lei.

Nos hotéis, os "Guias da Cidade" tem uma página explicando que a polícia de Cingapura garante a integridade física de qualquer mulher 24 horas por dia (isso porque na antiga Cingapura, sem lei e ordem, as mulheres que saíam  sozinhas eram estupradas e ou mortas).

O chiclete é proibido em Cingapura, pelo simples fato de que, se jogados no chão sujam as calçadas da cidade.

Distribuir panfletos na rua é proibido.

São permitidos só em lojas. E não podem ser entregues. Se as pessoas os quiserem, devem pegar de uma gôndola ou suporte.

Jogar papel no chão, dá multa cara.

Em 2008, uma  secretária conhecida de um empresário brasileiro, (que esteve lá, temporariamente, à negócios), foi seguida pela polícia desde sua casa até o trabalho.

Quando chegou no trabalho ligou a seta do carro para entrar no prédio, a polícia deu-lhe sinal para que ela parasse.

Um dos policiais veio até a janela do seu carro e disse: "Como a Sra. sabe, estamos fazendo uma campanha de civilidade no trânsito. Multando os infratores e dando bônus a quem dirige corretamente. E a Sra., em todo o trajeto da sua casa até aqui, não cometeu nenhuma infração. Parabéns! Aqui está um cheque de 100 dólares cingapurianos (equivalente, na época, a cerca de R$ 128,00) e pediria para a Sra. assinar o recibo, por favor.

Em 11 de  maio de 2011, Lee anunciou sua aposentadoria.

Pois é, pelo visto o Brasil tem SOLUÇÃO.  Mas que a população diminuiria muito, não tenha dúvidas!

CINGAPURA HOJE: 
Republic of Singapore (inglês)
新加坡共和国 (chinês)
(Xīnjiāpō Gònghéguó)

Republik Singapura (malaio)
சிங்கப்பூர் குடியரசு (tâmil)
(Chiṅkappūr Kuṭiyarachu)

República de Singapura
Bandeira de Singapura
Brasão  Singapura
BandeiraBrasão
Lema"Majulah Singapura"  (Malaio)
"Avante, Singapura"
Hino nacionalMajulah Singapura
MENU
0:00
Gentílico: singapurense;[1][2] singapurano [3][4]

Localização  Singapura

Localização de Singapura na Península da Malásia.
CapitalÁrea Central de Singapura
1°17′22″ N 103°51′00″ E
Língua oficialInglês (principal)[5]
Malaio (nacional)
Mandarim
Tâmil
GovernoRepública parlamentarista
 - PresidenteTony Tan Keng Yam
 - Primeiro-ministroLee Hsien Loong
 - Presidente do ParlamentoAbdullah Tarmugi
 - Presidente do Supremo Tribunal de JustiçaChan Sek Keong
Independênciado Reino Unido 
 - Fundação29 de janeiro de 1819 
 - Autogoverno3 de junho de 1959 
 - Fusão com a Malásia16 de setembro de 1963 
 - Separação da Malásia9 de agosto de 1965 
Área
 - Total716,1[6] km² (187.º)
 - Água (%)1,444
 Fronteiracom a Malásia
População
 - Estimativa para 20105 399 200[6] hab. (114.º)
 - Censo 20004 117 700[6] hab. 
 - Urbana5,399 milhões (2013) hab. 
 - Densidade7.540[6] hab./km² (2.º)
PIB (base PPC)Estimativa de 2014
 - TotalUS$ 445,174 bilhões*[7] 
 - Per capitaUS$ 81 345[7] 
PIB (nominal)Estimativa de 2014
 - TotalUS$ 307,085 bilhões*[7] 
 - Per capitaUS$ 56 112[7] 
IDH (2014)0,912 (11.º) – muito elevado[8]
Gini (2012)47,8[9]
MoedaDólar de Singapura(SGD)
Fuso horário+8 (UTC+8)
ClimaEquatorial
Org. internacionaisAPECASEANBanco MundialComunidade BritânicaFMIOMC e ONU
Cód. ISOSGP
Cód. Internet.sg
Cód. telef.+65
Website governamentalwww.gov.sg

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.