quarta-feira, 14 de outubro de 2015

SOBRE ROUBOS, DESCULPEM! POLÍTICOS NÃO ROUBAM COMETEM APROPRIAÇÃO INDÉBITA!

E ainda tem gente que acha que vão mudar o Brasil por meio de voto. Em 2018 mão haverá mais Brasil para governar.
O posicionamento de dois ministros do supremo ontem barrando continuidade aos pedidos de impedimento da lacaia de "lula" são provas concretas que; ou o povo vai para ás ruas brigar por seus direitos e principalmente sua liberdade ou esta estará condenado, visto que todos os poderes da república estão corrompidos e subjugados. O problema não esta apenas em Lula ou Dilma, eles são parte de uma coisa muito maior. Lula foi o instrumento usado, por sua capacidade de falar o que o povo quer ouvir, pela simplicidade das palavras, facilidade de mentir, falsear, enganar, ludibriar e roubar permanecendo com a cara de "defensores dos trabalhadores e menos favorecidos”. Este desejo de ver o  povo no poder vai nos levar ao fundo de um abismo que gerações pagarão por este erro, isto se os verdadeiros mestres não conseguirem escravizar o povo brasileiro. Pelo jeito já estão a mais de 70% da meta, visto que o representante das forças comunistas no Brasil, "lula", já não receia publicamente dizer a que veio sem medo de ser chamado ás barras da lei e que se for, ela é uma extensão do quintal de sua casa. Por isso roubam tanto, têm exemplos vindos do alto. Se na audiência publica assistida por centenas de pessoas convidadas, levadas de ônibus que partira de diversas localidades para assistirem a aprovarem a EIA/RIMA, com direito a lanche, seguranças bem vestidos dando ar de cisa séria, diretores do CPRH, DER, DNIT, empresários, investidores e representantes do governo do estado falaram e todos ouviram; o dinheiro já esta em caixa, porque a obra não saiu? Mesmo o tiro saindo pela culatra pois pensavam que os convidados seriam como militantes do PT que recebem pão com mortadela para gritar vivam Lula e Dilma e erraram deparando-se com pessoas politizadas e conscientes que identificaram logo que o relatório feito deve como base dados de dez anos atrás portanto, sem validade e que foram apresentadas outras quatro opções de duplicação sem que fosse necessária a supressão de 10 km de mangue. Mesmo assim; se o dinheiro já estava em caixa, onde esta agora, onde esta o TCE? Se formos buscar erros, tramoias, conchavos em Pernambuco nesse setor encontraremos centenas. Para não alongar demais "o famigerado sítio histórico de Pontezinha" que recebeu verba para demarcação do polígono e nunca saiu do desejo, nem ao papel foi, para onde foi o dinheiro? Se formos buscar quantas safadezas ocorreram sem que nenhum representante do povo buscasse esclarecimentos, talvez por serem coisas mais escondidas, quanto se pagou pela duplicação da BR101 - da 51 ao Cabo? Uma obra maravilhosa que nunca fica pronta, pois, a cada dois meses uma placa quebra, um trecho afunda. Como as contas de um gestor geralmente leva dez anos para serem analisadas pelo TCE, mais dez para serem julgadas e quando são em geral são irregulares com ressalvas, e quando chega no de eleição, regulares com ressalvas, possibilitando a candidatura de quem usou dinheiro do povo para alimentar campanhas. Esperar que por meio de voto, que a justiça chegue a condenar os chefes desses esquemas é o mesmo que tentar secar o mar usando uma peneira.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.