terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

IR À JUSTIIÇA É O CAMINHO PARA RECEBER DINHEIRO NÃO DEPOSITADO DO FGTS


Quem pretende entrar com a ação para conseguir recuperar as perdas no saldo do Fundo de Garantira de Tempo de Serviço (FGTS), ocorridas desde 1999, precisa primeiro fazer o cálculo da revisão para saber a quanto terá direito. E o serviço pode custar até R$ 450.

O CONSELHO SOCIAL DOS MORADORES DE PONTEZINHA E O ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA SEU PARCEIRO ESTÃO FAZENDO ISSO SEM CUSTO INICIAL.

TODOS QUE TRABALHARAM COM CARTEIRA ASSINADA ENTRE 1999 E 2013 E RECEBERAM FGTS, INCLUSIVE APOSENTADOS TÊM DIREITO A REVISÃO DOS VALORES RECEBIDOS, OS QUE TIVEREM DIREITO PODERÃO RECEBER ATÉ 88% A MAIS POR VALORES NÃO DEPOSITADOS
O CONSELHO SOCIAL DOS MORADORES DE PONTEZINHA E O ESCRITORIO DE ADVOCACIA SEU PARCEIRO ESTÃO RECEBENDO A DOCUMENTAÇÃO PARA CALCULO E ENTRADA NA JUSTIÇA.

PARA MAIORES INFORMAÇÕES, PROCURE A SEDE DO CONSELHO TODA 3ª, 5ª E SÁBADOS PELA MANHÃ OU PELO TELEFONE: (81) 8840. 1046. O CONSELHO ATENDARÁ A TODOS INCLUSIVE DE OUTRAS LOCALIDADES.

MUNIDOS DE:

 Extrato FGTS - PODE SER TIRADO PELA INTERNET QUEM TEM CARTÃO CIDADÃO OU DIRETAMENTE NA CAIXA. 

Cópias: RG-CPF- Comprovante de residência

E das folha do CTPS onde estão as assinaturas correspondentes e a de identificação

(a que tem a foto e o verso)




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.