sábado, 15 de outubro de 2011

Seguidores e leitores do blog. Leiam, analisem e têm título a matéria.

Milhões pagos a empresas para campanha contra o desperdício, milhares de metros cúbicos de água desperdiçada durante trinta dias, risco de vida para motorista e transeuntes, desespero para os moradores sem água, dezenas de chamados para conserto desrespeito aos cidadãos contribuintes e até a autoridades municipais.
Resultado: Protesto, queima de pneus, e utensílios velhos interditaram ontem a Avenida Vereador Horácio Ferraz ( Estrada de Curcurana).
Milhares de trabalhadores, profissionais que durante 8.12 horas trabalharam movendo a locomotiva do progresso de Pernambuco, tendo a volta para casa impedida pelo protesto, levado o a efeito pela falta de respeito da COMPESA  com o povo.
COMPESA NÃO! Diretoria da empresa COMPESA, os mandantes os tubarões, a COMPESA NÃO OUVE, NÃO FALA, NÃO VÊ, seus diretores sim!
Depois de proporcionar todos estes atentados a mobilidade, segurança, comprometimento até mesmo com o que prega (igual ao PT), depois da indignação com o descaso levou o povo as vias de fato fechando a Avenida e promovendo o caos em uma hora a DIRETORIA DA COMPESA|, enviou funcionários ou terceirizados fazer o conserto, uma hora não muito mais que isso foi suficiente para sanar um problema que durante trinta dias desperdiçou água, causou problemas.
Quem é ou são os responsáveis por dar causa ao protesto, ao desperdício, ao desrespeito ao contribuinte?
A DIRETORIA. Será que nos pagando os impostos mais altos do mundo, recebemos de salário 1/3 do que nós pagamos a cada um desses? Tenta falar com um deles por telefone.
ROBERTO CAVALCANTI TAVARES
Presidência – DP
Roberto Cavalcanti Tavares, pernambucano, 40 anos, é administrador de empresas, formado pela FCAP/UPE e Master em Administração de Empresas pela Universidade Autônoma de Madri/Espanha. É Auditor da Secretaria da Fazenda de Pernambuco, onde exerceu diversos cargos, dentre eles: Diretor-Adjunto de Administração Geral (1998); Gerente de Segmento Econômico (2000) e Representante de Pernambuco no CONFAZ/COTEPE, em Brasília (2001 a 2004). Foi secretário-geral da Junta Comercial, de 2004 a 2006. Na Compesa, exerceu o cargo de Diretor de Gestão Corporativa desde o início da Gestão Eduardo Campos até agosto de 2008, quando assumiu a Diretoria de Operações, onde estava até o momento
DÉCIO JOSÉ PADILHA DA CRUZ
Diretoria Comercial e de Atendimento – DCA
Décio José Padilha da Cruz é pernambucano, formado em Administração pela Faculdade de Ciências de Administração de Pernambuco da Universidade de Pernambuco – FCAP/UPE. Sua vida profissional teve início em 1992, um ano antes de concluir o curso universitário, como gerente de agência do extinto banco Banorte, onde permaneceu até 1993, quando ingressou na Secretaria da Fazenda do Estado como Auditor Fiscal, ocupando diversos cargos. Em janeiro de 2007, assumiu a Diretoria Comercial e de Atendimento (DCA) da Compesa. Foi membro permanente do Conselho de Política Tributária da Secretaria da Fazenda, de 2002 a 2006. Traz no currículo conhecimentos na área de recursos humanos (curso de Gestão de Pessoal pela Universidade de São Paulo – USP), na área de planejamento pela Fundação Getúlio Vargas – FGV/RJ e na área de gestão pública, orçamento, licitações e contratos
CARLOS EDUARDO DE BRITO MAIA
Diretoria de Gestão Corporativa – DGC
Carlos Eduardo de Brito Maia, natural de Recife, engenheiro eletricista, formado pela Faculdade de Engenharia da Universidade Federal de Pernambuco, iniciou sua carreira profissional na Chesf, em 1976. Até 2008, exerceu cargos de todos os níveis hierárquicos, destacando-se as funções de Gerente do Serviço de Operação das Usinas de Paulo Afonso e Chefe de Divisão de Suporte Técnico da Operação de Usinas, Subestações e Sistemas. Posteriormente, chefiou o Departamento de Manutenção das Subestações e a Superintendência de Manutenção incluindo linhas, usinas e subestações. Na área Administrativa, foi Assessor e finalmente chefe de Gabinete da Diretoria Administrativa da Chesf no período de 2003 a julho de 2008. Fez diversos cursos de especialização, destacando-se o de gestão de recursos humanos pela UFPE e de gestão de negócios de energia pela FGV. É diretor de Gestão Corporativa (DGC) desde agosto de 2008.
FERNANDO DE CASTRO LÔBO JUNIOR
DIRETORIA DE SERVIÇOS OPERACIONAIS – DSO
Fernando de Castro Lôbo Júnior, pernambucano, engenheiro civil, formado pela Escola Politécnica de Pernambuco, iniciou sua vida profissional na Compesa em 1981 como Assistente de Engenharia, passando para a função de Engenheiro em 1986. Assumiu, em 1988, o primeiro cargo na Compesa como Chefe de Escritório Local. Daí por diante, até 2009, exerceu cargos de vários níveis hierárquicos: Gerente Regional Sul; Gerente de Produção da RMR; Diretor de Operações; Assessor Técnico da Presidência; Superintendente de Controladoria; e Superintendente de Manutenção e Operação. Paralelamente ocupou o cargo de Presidente do Conselho Deliberativo da COMPREV durante o período de 2005 até dezembro de 2009. Fez diversos cursos, destacando-se o Curso de Especialização em Saneamento, em 1987, e o de Capacitação em Gestão Governamental, em 2002. Em janeiro de 2010, assumiu a Diretoria de Engenharia e Meio Ambiente (DEM), onde permaneceu por um ano até ser convidado para a Diretoria de Serviços Operacionais (DSO).
RÔMULO AURÉLIO DE MELO SOUZA
DIRETORIA DE CONTROLE OPERACIONAL – DCO
Formado em engenharia civil pela Escola Politécnica de Pernambuco, Rômulo Aurélio é especialista em Engenharia de Irrigação. Concluiu recentemente o MBA em Gerenciamento de Projeto pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Funcionário de carreira, começou sua vida profissional na Compesa. Natural de Serra Talhada, fez o curso de técnico em saneamento na Escola Técnica Federal de Pernambuco, no Recife. Ao concluir o curso, se tornou compesiano já aos 18 anos. Iniciou suas atividades na empresa na Unidade de Controle de Quantidade (CQT), em 1980. Desde então, tem se dedicado por 30 anos integralmente à Compesa, abraçando os desafios que a Companhia coloca em seu caminho. Desafios como os de chefiar os chamados escritórios locais, de 1989 a 1997. Em agosto de 1997, assumiu a Gerência Regional de Vitória. Passou ainda pelas gerências de Controle Operacional e Gerência Regional do Recife. Assumiu ainda a Superintendência de Controle Operacional, a Superintendência de Manutenção e Operação e, mais recentemente, a Superintendência de Negócios Metropolitanos (SNM), da qual sai para assumir a Diretoria de Controle Operacional (DCO).
HERALDO SELVA NETO
DIRETORIA DE ENGENHARIA – DEG
Engenheiro civil, formado pela UFPE em 1991, trabalhou na iniciativa privada até o ano de 2002, quando assumiu o cargo de gerente de Projetos Especiais da Secretaria de Desenvolvimento do Cabo de Santo Agostinho. Em 2003, assumiu o cargo de assessor da liderança do PSB na Câmara dos Deputados. Em 2004, se elegeu vereador do município de Jaboatão dos Guararapes pelo PSB. Em 2009, foi indicado pelo partido para a pasta da Secretaria de Habitação da Prefeitura do Recife, onde ficou até julho de 2010, saindo para participar da coordenação de campanha do governador Eduardo Campos. Em janeiro de 2011, assumiu a Diretoria de Engenharia e Meio Ambiente da Compesa (DEM).
Última atualização ( terça, 01 de março de 2011 )
Ninguém de sã consciência pode dizer que não é uma equipe bem preparada, o que falta é querer trabalhar e respeitar o padrão
O SERVIÇO FOI FEITO, COMO FICOU EU, POBRE ANALFABETO,  JÁ ADIANTO VAI QUEBRAR NOVAMENTE  NOS PRÓXIMOS DEZ DIAS E RECOMEÇA A LENGA LENGA, QUEM TAPA É A PREFEITURA, E AI VAI.
A OBRA DE ARTE:
   AGORA, 08:25 HORAS JÁ AFUNDOU UNS 50 CENTÍMETROS, AGUENTARÁ CAMINHÕES COM 30 MIL QUILOS SOBRE ELE?
QUE OS GÊNIOS RESPONDAM.
ENTÃO MEUS AMIGOS!
QUE TÍTULO DEVE TER UMA MATÉRIA COMO ESTA, EU POR MINHA POUCA CULTURA NÃO ENCONTREI ADJETIVOS (PELO MENOS DENTRO DOS PARÂMETROS CONHECIDOS COMO SOCIÁVEIS) DEIXO COM VOCÊS.   

              

2 comentários:

  1. Como é um buraco que persiste em continuar existindo, que tal o título: Buraco X Engenheiros da Compesa.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.