sábado, 25 de setembro de 2010

Será Nostradamus?

Filha distante de vermelho e sem amor pela nossa terra se elegerá graças aos votos de Minas Gerais. Tomará posse usando vermelho, mesmo diante da enorme tragédia que acontecerá pouco antes no Brasil, ofendendo aqueles que prezam o luto. Haverá apenas um lenço branco. Um governo triste e sombrio, porem breve, se iniciará sob o signo da tragédia das pedras. Governará ate o dia da grande festa dos soldados, de onde sairá para o hospital. A doença invisível que lhe corrói as entranhas mostrará sua força como nunca antes visto. Lutará e receberá medicação dos americanos que despreza. Sua agonia será forte e intensa. O Turco Branco tentará inutilmente se mostrar contrito e respeitoso, mas conspirará na grande casa branca perto do lago, ajudado pelo homem dos cabelos negros que foi falso amigo de Tancredo. Serão dias e noites de traição e disputas espúrias e de agonia no grande hospital dos patrícios. O Brasil sofrerá com os conchavos e a incerteza. Virão dias de medo e ameaças. Nunca foi amada e o povo acompanhará sua agonia distante. “Não terá povo no seu funeral próximo ao carnaval."


- O Turco Branco será Michel Temer (vice)? Zé Dirceu?

- A grande casa branca perto do lago = Palácio do Planalto

- Grande hospital dos patrícios = fácil, o Sirio e Libanês em SP

- Tragédia das pedras = !? Já to com medo...

- E pelo amor de Deus, quem seria esse homem de cabelos negros que foi falso amigo de Tancredo?! (Sarney????)

ÉPOCA - levanta suspeita sobre analfabetismo de TIRIRICA.

Se for analfabeto terá candidatura suspensa.
Que audácia desse cara, no Brasil só presidente pode ser!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

REPETINDO: Ou se esta com Ele ou contra Ele, você decide!

 Matéria PortalCabo
Pastores de Jaboatão realizam carreata e concentração Pró-família e contra Dilma e o PT

Do Blog do Jamildo


Uma grande carreata tomará as ruas de Jaboatão dos Guararapes, no entanto, o intuito não será apoiar um candidato, mas sim a instituição chamada Família.

O Movimento Pró-família, organizado pelo Conselho de Pastores de Jaboatão dos Guararapes, será realizado no sábado (25/09) e, segundo o presidente do Conselho, Pastor Pedro Rodrigues, tem a expectativa de reunir mais de 200 carros e a concentrar mais de 20 mil pessoas no ato final, na Rua Santo Elias, em Prazeres.

A carreata terá início na Rua Santo Elias e percorrerá todos os distritos do município, passando por Cavaleiro, Curado, Jaboatão Centro e voltando para a Rua Santo Elias, onde será realizada a concentração.

“Vamos sair da Rua Santo Elias com os carros daqui, em cada local os carros estarão nos esperando para irmos formando uma grande carreata e terminar na Rua Santo Elias com a grande Concentração”, informou o Pastor Pedro Rodrigues.

Os motivos para o ato estão enumerados no manifesto que já está sendo entregue à população e tem a assinatura de todos os conselheiros, no fim do ato poderá ser assinado por todos os pastores que estiverem no local.

Para o Pastor Pedro Rodrigues, o protesto está sendo realizado separadamente nos Estados Brasileiros e tem como base a defesa da família. Ele ainda explica que o manifesto é contra a candidata à presidência da república Dilma Rousseff (PT) e contra o Partido dos Trabalhadores (PT).

“Não há dúvidas que esse movimento é contra o PT e contra Dilma. O PT tem em seu estatuto que é a favor da descriminalização do Aborto, legalização da Maconha, garantia de Cirurgias de Mudança de Sexo feitas pelo SUS, Lei da Homofobia, legalização da prostituição, legalização do casamento homossexual, legalização da adoção de crianças por casais do mesmo sexo e tantas outras coisas que vão de encontro aos princípios bíblicos e o pior, se algum parlamentar do partido for contra, sofrerá punições e até expulsão do partido”, disse.

Ele ainda explicou que a Igreja está se unindo para fazer esse movimento, porque não pode ficar calada diante de uma situação tão complicada e ainda ressaltou que o movimento não apoia nenhuma candidatura, mas sim a família.

“Não estamos a favor de nenhum partido, estamos contra o PT e seu estatuto que quer impor à sociedade princípios que vão de encontro aos da Bíblia e da psicologia. Já foi comprovado psicologicamente que é ruim pra criança ter dois pais ou duas mães. Isso não é família, pode ser casal, mas não é família porque não pode gerar filhos”, disse.

O presidente do Conselho ainda falou sobre a Lei da Mordaça, a PLC 122/2006, que fala sobre a homofobia.

“Se essa lei for aprovada vai criar uma casta de pessoas especiais na sociedade, os homossexuais. Eles são as únicas pessoas na sociedade que não podem ouvir nada contrário ao que acreditam. Com essa lei eles vão prender qualquer pessoa que falarem contra e vão confiscar as Bíblias, por terem textos que condenam a homossexualidade, classificando como homofobia literária”, disse.

Ele diz que não é contra as pessoas homossexuais e sim contra a prática, que é condenada na Bíblia.

1. Alberto Figueiredo disse:
O seu comentário está aguardando moderação.
setembro 23, 2010 às 8:57 pm


Sou católico, batizado e crismado (soldado de Cristo), seguidor de seus ensinamentos.
Parabéns pastores e povo evangélico!
Apesar de ver uma grande incoerência, existem centenas de candidatos evangélicos (também católicos) no PT ou partidos coligados, usando inclusive práticas tão baixas quanto ao uso de músicas evangélicas que deveriam servir apenas para louvar ao Senhor como jingle de campanha.
Mais eu estarei lá ao lado dos evangélicos (se me for permitido) já que os representantes da minha igreja diferentemente de Jesus só têm desprendimento para defender Seus ensinamentos dentro de suas igrejas ou em comunicados pela internet de abaixo assinados de reprovação a este desafio contra todos os princípios cristãos.
Não é hora de divisão. Todas as igrejas, todos que amam Jesus Cristo devem se unir para mostrar mais que tudo que ninguém pode mais que JESUS!
nesta eleição nem mesmo cristo querendo, me tira essa vitória”(Dilma Roussef) Palavras da filha de Lulla (que se julga deus) e mãe do Brasil (assim eles pensam)


“Quem sabe a igreja católica não siga o exemplo e vá ás ruas lutar em nome do seu Senhor e Deus”



Fica uma pergunta: Os pastores do Cabo não estão unidos com os irmãos de Jaboatão?
E a igreja católica?

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Amigos! Alguém sabe como posso encontrar um ilustre que possa fazer cumprir a lei??

Amigos! Alguém sabe como posso encontrar um ilustre que possa fazer cumprir a lei??


Existe uma lei sobre uso de buzinas a ar comprimido, (proibida em área urbana)quem é responsável por aplicar?

Detran /PE não responde, (existe o site e nele muito bonito "FALE COM O DETRAN" ninguém responde, ou informa quem é responsável por fazer cumperi a lei que os bostas fazem no puteiro.

Será que nada é sério neze paiz (para ficar igual ao chefe da máfia) é apenas o roubo dos politicos?

Municipaliza o transito os os agentes de transito dos muncipios trabalham apenas para multar estacionamento proibido, o resto se dá um jeitinho.

Mesmo que se denuncie informando placa, tipo, hora, cor do veículo e do motorista ninguém toma providência.
Quarta-feira, Setembro 22, 2010
Importante: Traços em relevo ( Lula e Chávez)

Por Miriam Leitão
O Globo

Em 2003, o Bom Dia Brasil me enviou para Caracas. Era um momento decisivo da fratura da sociedade venezuelana. Conversei com muita gente, vi imagens fortes, acompanhei passeatas e entrevistei Chávez. Diversas vezes ouvi, de um lado e de outro, que Lula era igual a Chávez. Sempre reagi, ofendida, falando das convicções democráticas de Lula para acentuar a diferença.
Continuo achando que Lula tem mais virtudes que Chávez, mas para quem viu aquele momento, as semelhanças com esse final de governo são assustadoras. Uma das táticas do presidente venezuelano era atacar a imprensa. Dizia que ela abusava da liberdade que ele "concedia", tratava os jornalistas como inimigos, acusava os jornais de serem partidos políticos, gritava em comícios que havia uma unidade entre ele e a opinião pública, como se as pessoas fossem uma massa sem diversidade de pensamento.
Lula tem criticado a imprensa diariamente. Não é novidade. Mas no discurso de sábado, ele foi ainda mais fundo no modelo chavista, num ataque desconexo e impróprio aos órgãos de imprensa que, na opinião dele, são "uma vergonha" e "destilam ódio e mentira". Prometeu "derrotar alguns jornais e revistas que se comportam como se fossem um partido político" e firmou que esses órgãos "não são democratas e pensam que são democratas".
A democracia não pertence ao presidente. Pela sua natureza, ela é construção coletiva. Foi construída por uma luta coletiva e só por ela será preservada. O governante é apenas, por um tempo determinado, investido do poder de governar. Isso não lhe dá poderes divinos, nem o direito de ofender com a acusação de não ser democrata qualquer pessoa que pensa de forma diferente, ou que diz ou escreve o que ele não considera conveniente.
Por causa do que foi revelado pela imprensa nos últimos dias é que o governo demitiu, até agora, quatro funcionários: a ministra-chefe da Casa Civil, um diretor dos Correios e dois funcionários do Palácio do Planalto. Ou bem a imprensa estava publicando matéria eleitoreira, e todos tinham de ser mantidos em seus lugares, ou o que foi publicado tem substância e, por isso, o governo precisa se livrar dos que se comportaram de forma inadequada. Se todos saíram do governo, só pode ser a segunda hipótese e isso significa que as reportagens ajudaram uma depuração do próprio governo.
O presidente não tem tido serenidade, não tem exercido o papel de presidente de todos os brasileiros, ajuda a fraturar o país; como Chávez tem feito. Suas manipulações dos fatos são grosseiras, como quando disse: "A oposição tem saudade do tempo em que se governava em cima dos tanques". Lula desrespeitou e ofendeu inúmeros brasileiros que são oposição ao governo e que resistiram, com atos e palavras, contra o poder dos que governavam em cima dos tanques. Já os com-tanques daquela época foram aceitos na vida democrática, porque o tempo passou, e é momento de concórdia. Do lado do presidente está, por exemplo, José Sarney, que foi diligente seguidor dos que governavam sobre tanques; outra pessoa que ele admira é o ex-ministro Delfim Netto. Existem vários. O presidente sabe. Mas em cima de um palanque, usa seu dom de iludir.
A Venezuela tem uma história diferente tanto no governo quanto na imprensa. Mas hoje, há semelhanças com a busca, pelo governante venezuelano, de minar a credibilidade dos órgãos de imprensa para executar seu projeto de fechamento de órgãos, suspensão de concessões, cerceamento do direito de informação e opinião. Foi o caminho da fratura da sociedade venezuelana, que não pode, nem deve ser, imitada.
Num ataque digno de Luiz XIV, Lula sentenciou: "Nós somos a opinião pública". Errado de novo. Ninguém é a opinião pública. Ela é diversa, tem várias facetas, se organiza hoje numa direção, muda no dia seguinte, se divide e se agrupa dependendo do tema. A opinião pública é feita e desfeita diariamente. Não tem dono. Só os governantes autoritários acharam que podiam controlá-la e, quando conseguiram, foi por pouco tempo e com trágicas consequências.
Lula avaliou que seu legado seria reconhecido, se ele elegesse o seu sucessor. Escolheu a candidata Dilma Rousseff, tem sido capaz de transferir votos e ela, de manter e atrair eleitores. Deveria estar contente, mas entrou num redemoinho com a excitação da campanha e aprofunda os ataques descabidos à imprensa, à oposição, às instituições. Assim, corre o risco de ganhar a eleição, mas deixando como legado uma democracia mais fraca, um padrão de comportamento do governante e do governo que abastardam o processo eleitoral, fortalecendo o grupo entre seus seguidores que tem projeto autoritário.
Chávez mantém o poder há 12 anos e permanecerá por mais tempo, mas ele é um perdedor. Hoje, a economia, a política, a democracia e a sociedade venezuelana carregam as sequelas dos seus erros e excessos.
Continuo acreditando que Lula e Chávez são diferentes, mas é doloroso reconhecer no presidente brasileiro alguns detestáveis traços do presidente venezuelano. Nos últimos dias, esses traços estiveram em relevo.

Alberto Figueiredo
 Os traços que a maquiagem escondia estão caindo, pena que só agora vocês que muitas vezes abafaram, esconderam, minimizaram, e cobriram muitas das safadezas desse governo estejam vendo que rota segue este Titanic, vão comer do mesmo bolo que a imprensa Venezuelana esta comendo, mesmo que aqui a capacidade de se aliar para não perder a boquinha esta acima até mesmo do patriotismo.     


Preparem-se imprensa, FA, uma passará a ser apenas porta voz dos boletins do partido, outro será apenas uma milícia de prontidão para levar os filhos dos Generais do MST para a escola.

Oh ditado correto: Só se colhe que se planta.

Agora o garoto propaganda da seriedade da globo já não é tão visto como imparcial como antes, serve para você também querida Mirian