sábado, 7 de agosto de 2010

O PT em duas definições, qual é a mais exata?

"O PT é um partido orientado por intelectuais que estudam e não trabalham, formado por militantes que trabalham e não estudam, comandado por sindicalistas que não estudam nem trabalham e suportado por eleitores que trabalham pra burro e não têm dinheiro pra estudar".
Genial! O autor deve conhecer muito bem a pretralhada
Completado pelo texto de Júlio.
 O Autor conseguiu sintetizar perfeitamente o quadro de degradação ética e moral imposto por dirigentes partidários, transformados em gigolôs dos cofres públicos, que conseguiram transformar o antigo PT, orgulho de uma militância que fazia questão de ostentar nas ruas sua opção partidária, por entender que pertencia a ÚNICA legenda verdadeiramente ética e séria da política brasileira, em uma sigla tão manchada pela desonra quanto aquelas que fazia questão de criticar de forma tão ácida, fazendo com que seus antigos militantes, encabrestados por uma direção partidária fascista, tenham ao longo dos anos tendo de escolher entre duas opções: 1)Dar um basta às imoralidades cometidas pelo PT, em uma clara demonstração de que não compactuam com as imoralidades impostas pela direção partidária, e buscar abrigo em outras legendas, ainda não cooptadas pelo neoliberalismo, tal como o PT, definitivamente, foi; 2) Continuar no PT, deixando-se comprar pelas benesses oferecidas em troca do seu irresponsável silêncio. É triste ver tantos petralhas, que tiveram coragem de enfrentar o regime militar, capitularem ante boas propostas de se locupletar com migalhas do poder.

Júlio Ferreira
Recife - PE

A outra


Ambas estão corretas, sintetizando:
         Homens íntegros não fazem parte de quadrilhas, não se deixam levar por migalhas de poder.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Mais uma na conta do PT

YVES HUBLET!


SENADOR ÁLVARO DIAS E A "TRIBUNA DO NORTE" (DIÁRIO DO PARANÁ)
ROMPEM O SILÊNCIO DA IMPRENSA EM TODO O BRASIL!
RÁDIOS, TVs E JORNAIS POR TODO O BRASIL EVITARAM TOCAR NO ASSUNTO!
MEDO? CENSURA!?

Mais uma para explicar.
• 03/08/2010


• Alvaro Dias questiona circunstâncias da morte de Yves Hublet

• O senador Alvaro Dias (PSDB/PR) questionou hoje em plenário as circunstâncias da morte do escritor curitibano Yves Hublet - conhecido como o "Homem da Bengala", por ter, em 2005, desferido bengaladas no então deputado José Dirceu, que estava sendo processado por envolvimento no mensalão. Hublet faleceu em Brasília no último dia 27 de julho, aos 72 anos.

Alvaro Dias informou que, segundo relato de seu editor e amigo Airo Zamoner, da editora Protexto, após o episódio da bengalada, Yves Hublet, escritor infanto-juvenil de fábulas ecológicas, enfrentou vários problemas no Brasil e mudou-se para a Bélgica, pois tinha dupla cidadania. Ele voltou em maio para Curitiba para discutir a publicação de um livro, e antes de retornar à Bélgica foi até Brasília. Segundo o editor, ao descer do avião, Hublet foi preso em Brasília e ficou incomunicável. No presídio teria adoecido e foi hospitalizado, sob escolta. Alegou-se que estava com câncer. Uma ex-namorada de Curitiba de nome Solange foi quem recebeu telefonema de Brasília comunicando o falecimento do Yves. O corpo teria sido cremado na capital federal.

"A autoridade tem que esclarecer a sociedade. Por que foi preso? Qual a razão dessa prisão? Em que circunstâncias ele veio a falecer? Isso não foi divulgado. Os relatos do seu editor e amigo fraterno situam, sem deixar dúvidas, que as circunstâncias que envolvem a morte de Yves precisam ser melhor esclarecidas.

Também manifesto solidariedade aos seus amigos e aos seus eventuais parentes que, porventura, estejam em Curitiba ou em qualquer parte desse País. O nosso mais profundo sentimento pelo falecimento de Yves", disse Alvaro Dias.

Yves foi fundador e presidente da Associação Cultural Paranaense de Autores Independentes por duas gestões. Foi fundador da União Brasileira de Escritores (seção Paraná) e seu primeiro presidente. Sua primeira obra, "Artes & Manhas do Mico-Leão" foi um sucesso de público e crítica tendo sido adotada nas escolas de todo o País. "Grande Guerra de Dona Baleia" e "Planeta Água" foram livros de sucesso entre outros igualmente adotados pelas grandes redes de ensino de Curitiba e Brasília.

ISSO É LULA;
ISSOÉ DILMA;
ISSO É PT.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

O grande presente do PT ao Brasil! - Um estrela vermelha como o sangue de milhares de jovens.

O ilustre e honrado professor Renilson Pedro, pós-graduado em História do Brasil Contemporânea pela UNESF-FUNESO e ex-coordenador de esportes da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho (PE)

Postou matéria no Portal Cabo e Tribuna Popular demonstrando seu desagrado a submissão do PT municipal ao governo, deixando claro, porém que muito se deve a estrela maior do PT.
Com todo respeito que lhe é devido e principalmente a liberdade ideológica.

Discordo do Senhor quando considera um enorme presente para o Brasil o emplacado presidente.


É bem provável que vindo à tona como estão as grandes obras estruturais, as ajudas humanitárias e progressistas da "estrela" o endeusamento esteja chegando ao fim e com ele a do próprio PT no conceito político, não que seus amantes seguidores não o mantenham vivo, mais vão ter que lutar muito para limpar a imagem deixada por tantas atitudes desastrosas.
Uma pelo menos chama atenção e como vivemos num mundo onde a informação pode não chegar a todos os bolsistas do PT mais por certo muitas mães ficarão sabendo de fatos que aumentam ainda mais a descrença na estrela do PT, dos seus seguidores e principalmente dos membros mais graduados do partido.
Apenas um exemplo:
O senhor é professor, entra na sala de aula com um cigarro no bico ou portando uma arma e versa sobre o poder que o homem sente ao estar de posse de uma. Apologia ao crime? Não seria no mínimo falta de ética?
E que dizer de um ato como este vindo da estrela do Brasil e brilho maior do PT?
Uma grande obra da maior estrela do PT;
Do maior presidente que o Brasil já teve;
Do pai dos pobres;

“Mães brasileiras votem em Dilma para continuação dos grandes serviços prestados ao Brasil assim muito mais cocaina entrará no Brasil e muito mais CRAK haverá para matar vossos filhos”.

P L Steinbruch


BNDES FINANCIA ESTRADA NA BOLÍVIA QUE FACILITARÁ O TRÁFICO DE COCAÍNA


PARA O BRASIL

Estes colares são feitos de folhas de coca, matéria prima da cocaina que tem como presidente da associação dos plantadores de coca e presidente do país maior produtor de coca do mundo, Evo, o cidadão ao lado da estrela do PT. 

Depois que José Serra apontou o governo da Bolívia de conivência com o tráfico de cocaína para o Brasil, a reação de certa imprensa se limitou ao “outro-ladismo”: falou o governo da Bolívia ¬ para atacar Serra; falou Marco Aurélio Garcia ¬ para atacar Serra; falou Dilma Rousseff ¬ para atacar Serra; falou até, imaginem só!, José Dirceu, um chefe de quadrilha, segundo a Procuradoria Geral da República ¬ para atacar Serra, é claro! Afinal de contas, o pré-candidato tucano à Presidência teve só um surto de irresponsabilidade, ou o que ele diz faz sentido? Bem, o que ele afirmou chega a ser tímido. E um tanto incompleto: A CUMPLICIDADE SE ESTENDE AO GOVERNO BRASILEIRO. E VOCÊS VERÃO POR QUÊ.



Reportagem de Duda Teixeira e Fernando Barros de Mello, na VEJA desta semana, evidencia os detalhes da cumplicidade do governo boliviano com a produção e tráfico de cocaína;¬ íntegra para assinantes aqui. Mas faltava ver a coisa também na ponta de cá. Leiam este trecho da reportagem:


Com o auxílio do dinheiro dos contribuintes brasileiros, ficará ainda mais fácil para os traficantes colocar cocaína e crack nas ruas das nossas cidades. Em agosto do ano passado, na Bolívia, o presidente Lula, enfeitado com um colar de folhas de coca, prometeu um empréstimo de 332 milhões de dólares do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a rodovia Villa Tunari - San Ignacio de Moxos. Na ocasião, a segurança de Lula não foi feita por policiais, mas por centenas de cocaleiros armados com bastões envoltos em esparadrapo. Com 60 000 habitantes, a cidade de Villa Tunari é o principal centro urbano de Chapare.


A rodovia, apelidada pelos bolivianos de “estrada da coca”, cruzará as áreas de cultivo da planta e, teoricamente, deveria fazer parte de um corredor bioceânico ligando o porto chileno de Iquique, no Pacífico, ao Atlântico. Como só garantiu financiamento para o trecho cocaleiro, a curto prazo a estrada vai favorecer principalmente o transporte de cocaína para o Brasil. O próprio BNDES não aponta um objetivo estratégico para a obra, apenas a intenção de “financiar as exportações de bens e serviços brasileiros que serão utilizados na construção da rodovia, tendo como principal benefício a geração de empregos e renda no Brasil”. Traduzindo: emprestar dinheiro para a obra vai fazer com que insumos como máquinas ou asfalto sejam comprados no Brasil. O mesmo efeito econômico, contudo, seria atingido se o financiamento fosse para uma obra em território nacional.


Na Bolívia, suspeita-se que o financiamento do BNDES seja uma maneira de conferir contratos vantajosos a construtoras brasileiras sem fiscalização rigorosa. Os promotores bolivianos investigam um superfaturamento de 215 milhões de dólares na transcocaleira. “Essa rodovia custou o dobro do que seria razoável e não tem licenças ambientais. Seu objetivo é expandir a fronteira agrícola dos plantadores de coca”, diz José María Bakovic, ex-presidente do extinto Serviço Nacional de Caminhos, órgão que administrava as rodovias bolivianas. Desde que Morales foi eleito, Bakovic já foi preso duas vezes por denunciar irregularidades em obras públicas. As mães brasileiras não são as únicas que sofrem com a amizade do governo brasileiro com Morales.

As provas da ajuda de Evo Morales ao narcotráfico


Depois da eleição de Morales, a produção de cocaína e pasta de coca na Bolívia cresceu 41%


A quantidade de cocaína que entra no Brasil pela fronteira com a Bolívia aumentou 200%


Morales é presidente de seis associações de cocaleiros da região do Chapare, seu reduto eleitoral


Ele quer ampliar a área de cultivo de coca para 21 000 hectares. Para atender ao consumo tradicional, como o uso da folha em chás e cosméticos, basta um terço disso


Expulsou a DEA, agência antidrogas americana, que dava apoio à polícia boliviana no combate ao tráfico


A pedido dos cocaleiros, Morales acabou com o projeto que ajudava agricultores a substituir a coca por plantações de banana, melão, café e cacau

ESTA É UMA DAS GRANDES OBRAS DA ESTRELA MAIOR DO PT.

ISSO É LULLA, DILMA E PT (CLARO OS QUE ACHAM QUE O CAMINHO ESTA CERTO), ESTÁ PROFESSOR?
OUTRA GRANDE OBRA É ESTA COISA.
Como mentir, falsificar e enganar é uma das maiores qualidades do ser acima (inominável) esperemos que os honrados evangélicos não se deixem iludir, às vezes "aquilo" se veste de anjo para corromper os filhos do Senhor!   
COMPLETANDO:
Terça-feira, Agosto 03, 2010
BLOG DO CORONEL 


Lula é um idiota útil, afirma o Post.

Para quem sonhava em ser o Prêmio Nobel da Paz, lançado pelo Mercadante (desculpem, estou arrebentando de rir...)ou em ser secretário-geral da ONU, acabar como o "melhor amigo dos tiranos do mundo democrático" é um tombo e tanto. Hoje, o Washington Post disse poucas e boas sobre o nosso imbecil presidente quase bolivariano, semi-iraniano e inteiramente cubano. O artigo informa que Lula "foi mais uma vez humilhado por um de seus clientes", o líder iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, "patrocinador do terrorismo e que nega o Holocausto, a quem Lula publicamente abraçou --literalmente". Segundo o jornal, o governo de Ahmadinejad usou de "condescendência refinada" para descrever Lula como "mole". O jornalista lembra ainda do acordo nuclear iraniano mediado por Brasil e Turquia, e diz que "não é a primeira vez que Lula é constrangido por seu 'amigo' iraniano". Na época do acordo, "Ahmadinejad o seduziu a fazer o papel de idiota útil às vésperas de votação de sanções do Conselho de Segurança da ONU".O líder iraniano "não é o único ditador a explorar o apoio incondicional de Lula", continua Diehl em seu artigo. "Lula estava ocupando alisando Raul e Fidel Castro em Cuba em fevereiro passado, quando o regime anunciou que um dissidente preso, Orlando Zapata Tamayo, morreu em greve de fome". O articulista finaliza lembrando do boato de que Lula sonha em ser o próximo secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas). "Daí seu desejo de demonstrar que pode persuadir governantes como Ahmadinejad a dar ouvidos à razão. Só que --aparentemente, ele não pode".
PARA GRANDE ESTRELA FALTA MUITO!