sexta-feira, 23 de abril de 2010

Perigo no shopping Costa Dourada

Por: Moura - Portal Cabo.
em para quem vai de carro ao shopping costa dourada nada disso percebe, pois o shopping foi construído para beneficiar os ricos e não ao pobres ou aqueles que não tem um automóvel para garantir sua segurança portanto é uma balela ouvir o Sr Airton Cardozo dizer que o shopping é para o povo do Cabo isto contradiz tudo que eu vi de frente ao shopping onde pessoas, usuário ou trabalhadores que se dirigem ao mesmo corre sérios risco na travessia da PE 60 onde ontem a noite ouve uma vitima de atropelamento, tudo passa despercebido para mídia local ou será que estão fazendo vista grossa, não o sei


Alberto Figueiredo disse em comentário:


abril 23, 2010 às 5:53 am
Eitá povinho prá reclamar, estamos construindo o futuro!

Pontos a ponderar!



Quais são as exigências para que se consiga uma licença de construção no Cabo?

Construçãozinha, terraço, sala, quarto, cozinha, banheiro?

Precisa ter plantas: Baixa, corte AB, elétrica, hidráulica tudo bonitinho, assinado por um engenheiro?

Não sei! Espero que alguém me informe.

Mais um rico, constrói. Constrói sem planta, usa todo tipo de material (creio que existam materiais apropriados para isso ou siderúrgicas não perderiam tempo fabricando ferro para construção com bitolas e resistências específicas).

Constrói da forma que quiser, avança sobre terreno, constrói sobre muro de outros,

provoca danos ao meio ambiente, põe em risco a segurança de empregados e comunidades.

CREA, se não estou enganado fiscaliza como a obra esta sendo feita e também tem que dar aprovação antes do início das obras. Coisas erradas materiais errados não são aceitos. “Assim deveria ser mais se o dono da obra for rico, aprova-se tudo até mesmo construir usando ferro velho prédios com três andares”

Não estou divagando, é verdade! Tenho exemplo! Vi o CREA interditar uma obra após protestos da comunidade, pouco tempo depois “papo prá lá e prá cá” apareceu um lindo adesivo: FISCALIZADO: CREA.

Fiscalização da prefeitura? Esta, nesses casos é cega e se ver, faz que não vê.

Pronta a obra, atendendo reclamações ou quando esta é uma agressão tão grande às leis que é inviável torná-la invisível, pois prejudica não apenas uns mais vários cidadãos aparecem as rigorosa fiscalizações. Tiram fotos, comentam sobre o que está errado, levam todos os dados para a central de fiscalização para estudo junto com os chefes, descobrem erros e agressões as leis inquestionáveis então se chegam ao ponto crucial: Quem é o dono? Ah! É o Dr. Fuinha amigo do Dr. Bostinha que é amigo do Vereador Fofa, ou do deputado Papel em Branco, aí o bicho pega, tudo pára e continua assim por anos até que um dia algo grave aconteça. Culpa de quem? Provavelmente dos cidadãos que viram uma construção errada e não impediram. Achar o Dr. Fuinha isso é tão difícil como ver a aplicação das leis e normas nos momentos certos.

As águas pluviais que correm por caminhos caprichosamente e cuidadosamente construídos pela prefeitura são canalizados para que o terreno do Dr., cresça. Águas de cinco ruas canalizadas para um tubo de 0,50,é concebível? Terá a vazão necessária para escoamento, tenho certeza que não, as águas invadirão (como já invadiram, derrubaram muros, causaram prejuízos) casa e locais que antes não sofriam com este problema, chamados os senhores aplicadores das leis vistos os erros, comprovados, voltam ao centro das decisões, e tudo se repete. Está errado, está tudo errado!

Chame o dono destas construções, isso não pode continuar assim. Quem é? O Dr. Fuinha? Convidem, se encontrarem, e conversem com ele, quem sabe as casas existentes não estariam nos locais errados invadindo o terreno do Dr. ou a prefeitura ao construir os canais para vazão das águas não viu que passava por dentro do terreno do Dr.?

Deixa prá lá, se os incomodados quiserem que entrem na justiça.

É o mesmo caso do Shopping Costa Dourada. Quando começar a morrer gente por atropelamento, (Claro! Gente descuidada que atravessa uma BR “de alta velocidade” sem olhar, estão pensando que aqueles carros e caminhões são de borracha, ou gentinha para reclamar, estamos construindo o futuro e ainda reclamam?).

O Shopping, o proprietário, os órgãos responsáveis por licenciar e fiscalizar a construção, não tem nada a ver com isso, esse povo é que não respeita as leis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.