terça-feira, 7 de outubro de 2008

E tu Pontezinha?

E tu Pontezinha, já esquecida por quase todos os executivos, sofredora por tua posição divisória, feliz com as esmolas que te são deixadas nos finais de mandatos ou próximo às eleições, a quem recorrerás agora?
Tua insanidade te deixou sem representantes na câmara, talvez alguma manobra política leve algum dos teus para lá.
Estarás muda d'agora em diante?
Creio que não! Tens filhos ou pelo menos acolhidos que te são gratos pelo abrigo que querem e desejam teu progresso e o progresso dos teus filhos.
Melhores dias, melhores oportunidades.
Não escutastes o clamor dos que te querem bem, não pesastes bem a oportunidade de teres duas cadeiras nas decisões políticas do município, quiçá não te arrependas.
Tens representantes, defensores, que não medem esforços nem buscam proveito, querem o proveito coletivo, pois, de nada adiantam três ou dez bem demais enquanto quinze mil padecem.
Tens teus defensores, breve ouvirão as vozes destes que nunca te abandonarão breve o cerne do município ouvirá a voz de Pontezinha.
Não precisas de defensores que só olham para ti de quatro em quatro anos.
Pontezinha! Têm quem te ame todos os dias e te defenda todas as horas.
Aguarda. Pontezinha falará e se fará ouvir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.